Chefe da Aprilia é internado na Itália para tratamento do coronavírus

Fausto Gresini, dono da Gressini e bicampeão nas 125 cc, testou positivo para Covid-19 na véspera de Natal e foi internado no último domingo, 27

Fausto Gresini é mais um que está travando uma batalha contra a Covid-19. O dono da Gresini, chefe da Aprilia, e duas vezes campeão nas 125 cc foi internado em Ímola, na Itália, por complicações da doença causada pelo novo coronavírus.

O teste do dirigente deu positivo na véspera do Natal e iniciou o tratamento em casa. Entretanto, após uma piora dos sintomas, especialmente da fadiga, o ex-piloto de 59 anos foi para o centro de tratamento para cuidados mais direcionados.

A Gresini chegou a emitir um rápido comunicado em suas redes sociais comentando a internação. “Após descobrir que está com Covid-19 pouco antes do Natal, Fausto Gresini – após um rápido período de isolamento em casa, em Ímola -, foi hospitalizado em 27 de dezembro no Hospital Santa Maria della Scaletta”, escreveu.

Fausto Gresini está internado após testar positivo para o novo coronavírus (Foto: Gresini)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“O chefe de equipe da Gresini foi transportado hoje para o Hospital Maggiore Carlo Alberto Pizzardi, em Bolonha, mais especializado na luta contra o coronavírus. Sua condição é constantemente monitorada. Vamos dando informações”, completou sem especificar o estado do dirigente.

O italiano esteve empenhado na luta contra o vírus. Inclusive, há alguns meses, chegou a fazer uma doação de um respirador artificial ao Hospital San Pier Damiano, em Faenza, para ajudar os que estavam internados.

“Este é um momento dramático na vida de todos e entendemos que o tempo é o recurso mais importante que temos. Participar de maneira concreta pelo bem das pessoas foi uma decisão espontânea e me sinto orgulhoso de poder contribuir, apoiando um dos hospitais que enfrenta essa grande emergência sanitária, salvando mais uma vida”, chegou a dizer na época.

No Mundial de Motovelocidade, Gresini não foi o único a ter se infectado com a doença. Valentino Rossi perdeu a rodada dupla em Aragão por ter dado positivo para Covid-19, enquanto Iker Lecuona ficou fora das últimas duas etapas do calendário pelo mesmo motivo. Na Moto2, Jorge Martín também ficou doente e perdeu duas corridas.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube