Marc Márquez apoia Honda em rebaixar Álex para LCR: “Lógico começar em equipe satélite”

O hexacampeão afirmou que a decisão da equipe japonesa foi a melhor pensando no futuro de ambos os lados

Família, família, negócios à parte. O lema mostrou ser levado a sério por Marc Márquez, que apoiou a decisão da Honda em rebaixar Álex para a LCR. O #93 apontou que o movimento vai ser uma situação de ganho para ambos os lados.

No final de 2019, a marca japonesa surpreendeu ao anunciar a subida do #73 para a MotoGP. Recém-campeão da Moto2, o espanhol recebeu a dura missão de substituir Jorge Lorenzo e ser companheiro de equipe do hexacampeão – ou mais conhecido como seu irmão.

Acontece que veio a pandemia, calendário teve de ser enxugado e o início adiado para julho. Mesmo sem ter andado uma só corrida, Álex recebeu a notícia de que não segue na Honda em 2021, dando espaço para Pol Espargaró. O jovem piloto parte para a LCR, assumindo o posto de Cal Crutchlow.

MotoGP 2020 Catar Losail Teste Honda Álex Márquez
Álex Márquez já sabe que não fica na Honda em 2021 (Foto: Repsol)

Marc falou sobre a movimentação e apontou que “nunca forcei ou vetei quem pode ser meu companheiro. Não seria diferente. Respeito a decisão da Honda como fiz diante da situação especial de Jorge. Sei que a Honda procura o melhor para a equipe.”

“Acreditam que Pol tinha de ser meu companheiro e Álex na LCR com o apoio da fábrica. Pol tem mais experiência na categoria. Acredito que é um passo positivo para Honda e Álex. O que não é normal é ir para a equipe de fábrica”, continuou.

“Houve casos como o meu, mas o lógico é começar em um time satélite como [Franco] Morbidelli, [Fabio] Quartararo ou [Casey] Stoner em sua época. Terá o apoio da fábrica. Estou muito feliz por ele. O movimento é positivo especialmente para Álex. Vai ter a oportunidade de criar um nicho para si na MotoGP”, completou o espanhol.

Alberto Puig, chefe da Honda, explicou o motivo de ter mudado os papeis dos times. O dirigente apontou que a equipe “não é o melhor lugar para começar”. Já Álex se mostrou feliz em seguir com a marca japonesa, mesmo que na LCR.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube