Bezzecchi segura Bagnaia e põe VR46 na pole na Holanda. Marc Márquez cai e é 17º

Marco Bezzecchi comprovou o bom ritmo em Assen ao anotar 1min31s472 e segurar Francesco Bagnaia para ficar com a pole do GP da Holanda

Marco Bezzecchi já havia mostrado o ótimo ritmo após liderar ambos os treinos na sexta-feira. E o piloto da VR46 repetiu e comprovou isso neste sábado (24). Com 1min31s472, o #72 se manteve só 0s061 longe de Francesco Bagnaia, mas foi o suficiente para ficar com a pole da sprint e da corrida principal do GP da Holanda de MotoGP.

O campeão vigente da classe rainha do Mundial de Motovelocidade parte da segunda posição, à frente de Luca Marini, que fecha a primeira fila e anota o 1-2-3 da Ducati.

Marco Bezzecchi é pole (Foto: Divulgação/MotoGP)

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Fabio Quartararo fez uma boa classificação e terminou em quarto. Brad Binder, Aleix Espargaró, Maverick Viñales, Johann Zarco, Álex Márquez e Jorge Martín completam o top-10.

Marc Márquez conseguiu cumprir a meta de não ficar na última fila, mas não sem polêmica. O espanhol caiu depois de abalroar a traseira de Enea Bastianini. O titular da Honda vai largar só em 17º, à frente do #23.

MotoGP volta à pista neste sábado, às 10h (de Brasília) para a largada da corrida sprint do GP da Holanda. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial e Motovelocidade 2023.

Bezzecchi sustenta liderança da MotoGP no treino livre 3 em Assen:

O sábado da MotoGP começou com sol e pista seca. Quando os pilotos iniciaram o treino 3, os termômetros marcavam 24°C, como asfalto chegando a 31°C. A umidade relativa do ar estava em 58%, com o vento soprando a 10 km/h.

Jorge Martín foi o primeiro a ocupar o topo da tabela, com 1min34s489, 0s247 melhor do que Enea Bastianini. Fabio Di Giannantonio aparecia no top-3.

Maverick Viñales começou a manhã da MotoGP em forma em Assen (Vídeo: Reprodução/ MotoGP)

Últimos a fechar volta, porém, Luca Marini e Maverick Viñales mudaram a ordem na tabela. O italiano tomou a liderança com 1min33s369, 0s420 melhor que o espanhol.

Aleix Espargaró pulou para a frente na sequência, mas também foi superado. Maverick ficou na ponta, diante de Marini. Os dois, contudo, também não ficaram por lá, já que Fabio Quartararo foi a 1min33s149.

Líder da sexta-feira, Marco Bezzecchi surgiu em seguida com 1min32s889, abrindo 0s260 de margem para Quartararo. Aleix era o terceiro, diante de Brad Binder e Marc e Álex Márquez.

Quartararo, que ainda sofre com as consequências de um tombo durante a semana, respondeu ao crescimento de Bezzecchi e voltou à liderança, 0s047 melhor que o titular da VR46. Viñales subiu para terceiro, diante de Bagnaia.

Fabio Quartararo comandou os primeiros minutos do treino 3 (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Fabio foi ainda melhor em seguida, ampliando a margem para 0s272 em relação a Bezzecchi. Marini saltou para terceiro, à frente de Miguel Oliveira, Viñales e Bagnaia.

Na sétima volta nesta manhã, Quartararo baixou ainda mais, mas teve a volta cancelada por exceder os limites de pista.

Na hora da primeira rodada de pit-stops, Quartararo liderava um top-10 que tinha ainda Bezzecchi, Marini, Viñales, Oliveira, Bastianini, Bagnaia, Aleix Espargaró, Morbidelli e Binder.

De volta, Jorge Martín foi a 1min33s192 para tomar o nono posto, 0s575 mais lento do que Quartararo. O espanhol apertou ainda mais o passo e pulou para sexto.

Takaaki Nakagami também deu um bom passo e, com 1min33s073, avançou para oitavo, 0s456 atrás de Quartararo.

Marc Márquez está sofrendo com fratura na costela (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Com pouco mais de 6 minutos para o fim da sessão, Bezzecchi foi a 1min32s405 e tomou a ponta de Quartararo por 0s212. O italiano tinha pneu usado duro na dianteira e macio atrás, assim como, por exemplo, Quartararo e Marini.

Aleix Espargaró conseguiu baixar para 1min32s915 e se instalar na terceira colocação, 0s032 melhor que Marini, que desceu para quarto.

Faltando pouco mais de 4 minutos para o fim, Stefan Bradl caiu na curva 9, a De Bult, mas escapou de lesões e deixou a pista caminhando. O alemão substitui o lesionado Álex Rins na LCR este fim de semana.

Bagnaia também alcançou uma melhora de última hora, saltando para terceiro, 0s273 atrás de Bezzecchi. Morbidelli também foi mais rápido e se colocou em quarto.

Marco Bezzecchi manteve a liderança da MotoGP também no TL3 (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Com a bandeira quadriculada tremulando, ninguém superou Bezzecchi, que ficou com a liderança. Quartararo foi segundo, escoltado por Bagnaia, Morbidelli, Aleix Espargaró, Marini, Viñales, Oliveira, Martín e Bastianini. Marc Márquez ficou só em 16º.

Q1: Zarco e Oliveira avança. Marc Márquez cai após bater em Bastianini

A primeira fase da classificação em Assen contou com um elenco diverso: Johann Zarco, Enea Bastianini, Franco Morbidelli, Marc Márquez, Miguel Oliveira, Raúl Fernández, Takaaki Nakagami, Augusto Fernández, Fabio Di Giannantonio, Lorenzo Savadori, Stefan Bradl, Iker Lecuona e Jonas Folger.

Início do Q1 da MotoGP (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Na primeira volta rápida, Zarco ficou com a ponta com 1min32s501, 0s029 melhor do que Morbidelli. Terceiro, Di Giannantonio vinha 0s131 abaixo da linha de corte para o Q2.

Zarco melhorou na volta seguinte, mas logo foi superado por Nakagami, que virou só 0s004 melhor. Bastianini subiu para quarto, mas voltou para sexto ao ter o registro cancelado.

Com 1min32s346, Oliveira saltou para o comando, mas foi quase que de imediato superado por Zarco, que passou 0s353 melhor. Na hora dos pits, Nakagami era o primeiro na zona de eliminação, diante de Morbidelli, Di Giannantonio e Marc Márquez.

No retorno à pista, Di Giannantonio avançou para segundo, 0s192 atrás de Zarco, mas logo perdeu a vaga provisória na próxima fase da classificação, já que Oliveira foi 0s098 melhor e ficou com a posição.

Marc Márquez caiu depois de atingir a traseira de Enea Bastianini (Foto: Reprodução)

Faltando cerca de 1min30s para o fim da sessão, Marc Márquez sofreu uma queda na curva 1 após abalroar a traseira de Bastianini. O espanhol vinha colado no titular da Ducati, que tinha perdido a dianteira pouco antes e saído da linha rápida. O#93 também deixou a trajetória e o choque aconteceu quando os dois olhavam para trás para tentar retomar a linha rápida para abrir volta.

Com a bandeira quadriculada tremulando em Assen, Zarco e Oliveira avançaram à fase seguinte. Di Giannantonio vai largar em 13º, diante de Nakagami, Morbidelli e Raúl Fernández. Marc ficou apenas em 17º, diante de Bastianini, Lorenzo Savadori, Bradl, Augusto Fernández, Lecuona e Jonas Folger.

Q2: Bezzecchi puxa 1-2-3 da Ducati no grid de Assen

Binder abriu a fase decisiva da classificação na pole provisória, com 1min32s235, 0s035 melhor do que Bezzecchi. Viñales era o terceiro.

Ainda no início da sessão, Martín caiu na curva 5, mas logo levantu para voltar para voltar aos boxes da Pramac.

Fabio Quartararo mostrou boa forma na classificação em Assen (Vídeo: Divulgação/MotoGP)

Enquanto isso, Bezzecchi foi a 1min31s874 e tomou a ponta, 0s199 melhor do que Bagnaia. Viñales era o terceiro, seguido por Binder e Aleix Espargaró.

Depois de uma rodada de pit-stops, Quartararo foi a 1min31s770 e saltou para a pole provisória, 0s104 melhor que Bezzecchi. A reposta, porém, veio de Desmosedici: Marco registrou com 1min31s472 e retomou a ponta com uma margem de 0s298. Tempo de Bez já era 0s032 melhor que o recorde de Assen, registrado por Pecco no ano passado.

Binder, então, passou Quartararo por 0s066 para ser terceiro. Zarco vinha em quarto, diante de Álex Márquez e Bagnaia.

Marco Bezzecchi estabeleceu um novo recorde para Assen (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Bagnaia conseguiu subir na tabela, chegando a segundo ao virar 0s061 mais lento que Bezzecchi. Marini também melhorou e vinha agora em terceiro, seguido por Quartararo, Binder e Aleix Espargaró.

Com 1min30s para o fim da sessão, Marini caiu na Stekkenwal, a curva 8, motivando uma bandeira amarela. Assim, ninguém conseguiu grandes avanços nos instantes finais da classificação.

MotoGP 2023, GP da Holanda, Assen, Classificação:

1M BEZZECCHIVR461:31.472 
2F BAGNAIADucati1:31.533+0.061
3L MARINIVR461:31.630+0.158
4F QUARTARAROYamaha1:31.671+0.199
5B BINDERKTM1:31.704+0.232
6A ESPARGARÓAprilia1:31.812+0.340
7M VIÑALESAprilia1:31.837+0.365
8J ZARCOPramac Ducati1:31.881+0.409
9Á MÁRQUEZGresini Ducati1:31.898+0.426
10J MARTÍNPramac Ducati1:32.170+0.698
11M OLIVEIRARNF APRILIA1:32.174+0.702
12J MILLERKTM1:32.715+1.243
13F DI GIANNANTONIOGresini Ducati1:32.185+0.713
14T NAKAGAMILCR Honda1:32.497+1.025
15F MORBIDELLIYamaha1:32.530+1.058
16R FERNÁNDEZRNF APRILIA1:32.671+1.199
17M MÁRQUEZHonda1:32.672+1.200
18E BASTIANINIDucati1:32.844+1.372
19L SAVADORIRNF APRILIA1:33.088+1.616
20S BRADLHonda1:33.040+1.568
21A FERNÁNDEZGasGas1:33.082+1.610
22I LECUONAHonda1:33.088+1.616
23J FOLGERGasGas1:33.300+1.767
Por que Marc Márquez cai tanto na MotoGP?
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.