Márquez diz que terceira cirurgia abalou, mas que “nunca pensou em parar de correr”

Não foi fácil passar por três cirurgias, mas Marc Márquez afirma que jamais pensou em abandonar a carreira na MotoGP, mesmo em tempos difíceis no hospital

Em dezembro último, Marc Márquez estava novamente no hospital para a terceira cirurgia no braço direito em quatro meses. Uma situação que não seria fácil para ninguém – e mesmo um piloto oito vezes campeão do mundo não aceitou fácil.

Mesmo assim, segundo o próprio Márquez, nem mais uma cirurgia fez com que pensasse em abandonar a carreira na MotoGP, mesmo quando os piores sentimentos surgiram enquanto deitado na cama da unidade hospitalar.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Marc Márquez está ansioso, mas não sabe quando volta (Foto: Repsol)

“Foi duro do lado mental, também. O braço não melhorava, não piorava, mas também não ficava melhor. Sentia que algo não estava bem, mas os médicos continuavam a falar ‘você precisa esperar, você precisa esperar'”, disse o espanhol durante o lançamento da Honda para 2021.

“Eu estava esperando, fazendo o que eles me diziam. Mas o sentimento era o mesmo, aqueles dois meses foram duros. Depois da terceira cirurgia, foi duro porque fiquei 10 dias em um hospital, o sentimento foi péssimo por todo esse tempo.”

“Mas, desde então, comecei a dar pequenos passos na recuperação do braço, então passei a tentar ser sempre otimista. Nunca pensei em parar de correr. Sempre penso quando será a próxima corrida, o próximo teste”, completou.

Márquez ainda não sabe quando volta às pistas, mas já disse saber que não estará 100% e que pode levar “até metade da temporada” para que volte ao seu normal. Ele também já afirmou que a volta não será nos testes coletivos no Catar, marcados para 6 e 7 de março. A abertura da temporada também ocorre em Losail, três semanas depois.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube