Miller lidera treino 1 do GP da Europa com pista molhada. Quartararo é só último

Em uma manhã de frio e céu nublado em Valência, o australiano da Pramac assegurou o topo da tabela de tempos com 1min42s063, 0s467 melhor que Franco Morbidelli. Stefan Bradl ficou em terceiro, com Joan Mir só em 17º

Jack Miller liderou a primeira sessão de treinos livres da MotoGP para o GP da Europa. Em uma manhã de frio e pista molhada em Valência, o australiano assegurou o comando da atividade inicial desta sexta-feira (6) com bastante tranquilidade.

Miller cravou 1min42s063 na melhor das 14 voltas que completou no circuito Ricardo Tormo e assegurou a liderança com 0s467 de margem para Franco Morbidelli. Substituto de Marc Márquez, Stefan Bradl colocou a Honda na terceira colocação.

Jack Miller, Pramac, MotoGP 2020, GP da França
Jack Miller foi o mais rápido nesta manhã (Foto: Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

0s576 mais lento que Miller, Johann Zarco conseguiu o quarto posto, seguido por Álex Márquez, que caiu na sessão. Danilo Petrucci aparece em sexto, seguido por Pol Espargaró, Miguel Oliveira e Andrea Dovizioso. Maverick Viñales completa o rol dos dez melhores.

Líder do Mundial, Joan Mir anotou 1min43s728 e ficou só em 17º, 1s665 atrás de Miller. Fabio Quartararo foi ainda pior e acabou em 21º, 2s728 mais lento que o futuro piloto do time de fábrica da Ducati.

Chamado para substituir Valentino Rossi, que ainda aguarda um segundo teste negativo para Covid-19, Garrett Gerloff fechou a manhã com o 16º tempo, 1s582 atrás de Miller.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Europa, antepenúltima etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

LEIA TAMBÉM
Mir lidera MotoGP com menor pontuação após 11 corridas em 27 anos

Saiba como foi o treino livre 1 da MotoGP no GP da Europa:

A sexta-feira amanheceu completamente nublada em Cheste. Antes do início dos treinos, a chuva ensopou o asfalto, mas já tinha dado trégua quando o cronômetro passou a contar os 45 minutos de sessão. O frio, porém, seguia presente, com os termômetros apontando 18°C e o asfalto chegando só a 16°C. A velocidade do vento era de 16 km/h.

Pol Espargaró foi o primeiro a ocupar o topo da tabela, 0s008 mais lento que Danilo Petrucci. Johann Zarco, então, passou para a liderança, mas logo deu lugar ao piloto a Ducati #9, que cravou 1min43s670.

Com um par de pneus macios como todos os demais, Jack Miller foi a 1min42s555 e assumiu a ponta, 0s680 mais rápido que Petrucci. Stefan Bradl subiu para a terceira colocação, seguido por Andrea Dovizioso e Pol Espargaró.

Alguns minutos depois, Franco Morbidelli saltou para a segunda colocação, 0s267 atrás de Miller. Mais atrás, Garrett Gerloff tinha subido para 12º, 1s542 atrás do australiano. Era o primeiro contato do norte-americano com a YZR-M1 e também com o traçado valenciano.

Ainda na primeira metade da sessão, Francesco Bagnaia caiu na curva 2. O piloto da Pramac não se machucou, mas se mostrou bastante irritado. A fase do italiano não é boa desde a passagem por Aragão.

Enquanto isso, Stefan Bradl avançou para a terceira colocação, à frente de Álex Márquez e Pol Espargaró. Miguel Oliveira tinha o sexto posto, seguido por Viñales.

Petrucci conseguiu melhorar pouco depois e avançou para o quinto posto, 0s637 mais lento do que Miller. Takaaki Nakagami também apertou o passo e se instalou em décimo, 1s167 atrás do ponteiro.

Com pouco mais de oito minutos para o fim, Álex Márquez caiu na curva 6 e tentou sozinho colocou a RC213V para funcionar. Depois de um tempo, os fiscais, enfim, apareceram para ajudar, mas a enquanto o piloto queria voltar para a pista, os funcionários do Ricardo Tormo queriam levar a moto para a via de serviço. O irmão de Marc acabou como voto vencido.

Apesar do treino morno, os minutos finais ainda viram Johann Zarco avançar para a quarta colocação, 0s576 atrás do líder. Pouco depois, Quartararo vinha tentando melhorar, mas deu uma bela balançada na curva 2 e acabou irritado, apenas na 21ª colocação.

Já com o cronômetro zerado, ninguém conseguiu melhorar. Miller ficou com a liderança, à frente de Morbidelli e Bradl.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

MotoGP 2020, GP da Europa, Valência, treino livre 1

1J MILLERPramac Ducati1:42.063 
2F MORBIDELLISRT Yamaha1:42.530+0.467
3S BRADLHonda1:42.566+0.503
4J ZARCOAvintia Ducati1:42.639+0.576
5A MÁRQUEZHonda1:42.654+0.591
6D PETRUCCIDucati1:42.700+0.637
7P ESPARGARÓKTM1:42.841+0.778
8M OLIVEIRATech3 KTM1:42.877+0.814
9A DOVIZIOSODucati1:42.959+0.896
10M VIÑALESYamaha1:43.009+0.946
11T NAKAGAMILCR Honda1:43.230+1.167
12A ESPARGARÓAprilia Gresini1:43.461+1.398
13A RINSSuzuki1:43.521+1.458
14F BAGNAIAPramac Ducati1:43.572+1.509
15B BINDERKTM1:43.584+1.521
16G GERLOFFYamaha1:43.645+1.582
17J MIRSuzuki1:43.728+1.665
18C CRUTCHLOWLCR Honda1:43.925+1.918
19T RABATAvintia Ducati1:44.448+2.385
20L SAVADORIAprilia Gresini1:44.527+2.464
21F QUARTARAROSRT Yamaha1:44.791+2.728

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube