Pol Espargaró destrona Rins e põe KTM na pole do GP da Europa. Mir larga em quinto

Com 1min40s434 anotado em sua última volta rápida, Pol Espargaró garantiu a segunda pole-position do ano. Álex Rins e Takaaki Nakagami completam o top-3 do grid

Pol Espargaró assegurou a pole-position do GP da Europa da MotoGP. Neste sábado (7), nos segundos finais da classificação, o piloto da KTM anotou 1min40s434 para assegurar a segunda posição de honra do grid em 2020.

O espanhol anotou o tempo rápido no oitavo e último giro no Q2, superando Álex Rins por só 0s041. O espanhol da Suzuki está na primeira fila do grid da MotoGP pela segunda vez no ano.

Pol Espargaró consegue a segunda pole de 2020 (Foto: KTM)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Takaaki Nakagami chegou a assumir a pole-position provisória em Valência e cair nos minutos finais, mas o japonês da LCR garantiu a terceira posição do grid. Abrindo a segunda fila vem Johann Zarco, com Joan Mir, líder do Mundial, na sequência, em quinto.

Quem teve classificação mais discreta foi Fabio Quartararo. Vice-líder do campeonato, o francês da SRT virou 1min41s943, 1s509 mais lento que o ponteiro e ficou com o 11º posto do grid. Andrea Dovizioso, também na briga, é só o 12º.

Mas Aleix Espargaró acabou despencando na classificação. A Direção de Prova indicou que o espanhol desrespeitou uma bandeira azul durante o Q2 da tomada de tempos, perdendo três postos do grid e indo de sexto para nono.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Europa, antepenúltima etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

LEIA TAMBÉM
Yamaha registra novo caso de Covid-19 e isola cinco funcionários em Valência
Com Portugal, Indonésia e Rússia na reserva, MotoGP tem calendário provisório para 2021
Mir lidera MotoGP com menor pontuação após 11 corridas em 27 anos

Oliveira lidera TL4 do GP da Europa. Mir é segundo

Quando a MotoGP foi para a pista para o quarto treino livre, o sol começava a brilhar tímido em Valência, enquanto o asfalto ainda estava bastante molhado, fazendo as motos levantando muito spray. O termômetro indicava 18ºC e o piso chegava a 22ºC.

Assim que o cronômetro começou a rodar, não demorou para os primeiros pilotos deixarem os boxes, ainda que nem todos tenham subido nas motos. O primeiro tempo que surgiu na tabela foi 1min46s306 anotado por Johann Zarco. Na sequência vinham Fabio Quartararo e Danilo Petrucci, que chegou a balançar em cima da moto, mas conseguiu controlar.

Jack Miller voltou a ditar o ritmo, como fez nos dois primeiros treinos do fim de semana, e se colocou na ponta com 1min43s237. O australiano da Pramac tinha 0s331 de respiro para Petrucci, o segundo.

Valentino Rossi, recém-retornado após duas semanas afastado por coronavírus, aparecia na oitava colocação com metade do treino percorrido. O italiano da Yamaha estava 0s955 mais lento que o ponteiro, sendo a melhor Yamaha do momento.

Restando pouco menos de dez minutos para o encerramento da sessão, a maior parte dos competidores estava nos boxes. Com 11 giros completados, Francesco Bagnaia, Morbidelli, Stefan Bradl, Brad Binder, Quartararo e Tito Rabat eram os que mais rodaram.

Pouco depois, Maverick Viñales acabou indo ao chão na curva 5 quando estava em 11º, mas logo se colocou de pé e deixou a cena. O competidor teria de passar pela primeira fase da classificação.

Miguel Oliveira passou pelo Q1 para chegar na fase final da classificação (Foto: KTM)

A medida que a sessão foi caminhando para o fim, o asfalto começou melhorar ligeiramente. Com isso, Oliveira virou 1min41s573 e saltou para a primeira colocação, com Joan Mir em segundo. Miller, Bagnaia e Morbidelli completou top-5.

Oliveira e Zarco avançam ao Q2

Com a pista ainda molhada, a primeira metade da classificação viu um desfile de pneus de chuva, com alguns escolhendo o macio traseiro e outros optando pelos médios. Os dois, porém, são construídos de maneira assimétrica, com a borracha mais dura do lado esquerdo.

Valentino Rossi abriu a sessão na ponta com 1min42s916, mas logo foi superado na liderança por Miguel Oliveira. Stefan Bradl também foi mais rápido e assumiu o segundo posto, derrubando o italiano da Yamaha para baixo da linha de corte por 0s541.

Álex Márquez, então, saltou para a terceira colocação, com Petrucci aparecendo 0s293 mais lento para ser quarto. Bagnaia, porém, também foi melhor e se colocou no meio dos dois.

Enquanto isso, Oliveira e Bradl foram ainda mais rápidos, ficando divididos por 0s122, ainda 0s5 mais rápidos do que o terceiro colocado. Mais atrás, Crutchlow pulou para a quinta posição.

Com um par de médios, Oliveira melhorou ainda mais, chegando em 1min40s795, 0s618 melhor do que Bradl. Terceiro, Álex Márquez seguia 0s5 atrás de uma vaga na fase seguinte.

Com quatro minutos para o fim, Bagnaia foi a 1min41s395 e saltou para o segundo posto, 0s600 mais lento que Oliveira. Zarco assumiu a quarta colocação, com Valentino pulando para sexto.

Apesar das condições traiçoeiras da pista, Oliveira melhorou mais uma vez, chegando a 1min40s771, 0s239 melhor que Bradl, que retomou o segundo posto. Crutchlow avançou para terceiro, ainda 0s301 abaixo da linha de corte.

Instantes antes de o cronômetro zerar, Zarco foi só 0s050 mais lento que Oliveira e assumiu a segunda colocação, derrubando Bradl para terceiro. Com tempo para mais uma volta, Johann vinha bem, mas não conseguiu melhorar.

Assim, Bradl vai largar em 13º, seguido por Álex Márquez, Cal Crutchlow, Francesco Bagnaia, Valentino Rossi, Danilo Petrucci, Lorenzo Savadori e Tito Rabat. Maverick Viñales fez o quinto tempo na sessão, o que o colocaria em 15º no grid, mas o espanhol vai largar no pit-lane por conta de uma punição por troca de motor.

Pol Espargaró fatura pole em Valência

Embora o sol já furasse o bloqueio das nuvens em Valência, a pista seguia molhada, então os pilotos saíram com os pneus de chuva, apesar do trilho seco já formado.

Álex Rins abriu a fase final da classificação na ponta da tabela, mas foi destronado por Mir, que passou 0s052 melhor. Pouco depois, Oliveira dividiu o duo da Suzuki, mas também não ficou em segundo, já que Nakagami cravou 1min41s618 e assumiu a liderança.

Morbidelli, que entrou e saiu da pista mais cedo, chegou a 1min41s557 e assumiu a pole provisória, mas mal teve tempo de se acomodar na liderança, já que Rins virou 0s303 melhor logo depois.

Nakagami, então, respondeu com 1min40s530, assumindo o comando da sessão com 0s724 de margem para Rins. Último a entrar na pista, Jack Miller saltou para segundo, 0s363 atrás do japonês da LCR, apesar de ter levado um sustinho na parcial final. Pol Espargaró se instalou em terceiro.

Mir também apertou o passo e pulou para a terceira colocação, 0s502 atrás de Nakagami. Mais atrás, Zarco vinha em sexto.

Rins também acelerou e, com 1min40s525, assumiu a pole provisória, 0s005 melhor que Nakagami. Mir avançou para terceiro na sequência, com Aleix Espargaró subindo para quarto.

Nakagami, por outro lado, cai, mas não se feriu, voltou para a moto e retomou a sessão.

Com poucos segundos ainda no cronômetro, Pol Espargaró passou Rins por 0s041 para tomar a liderança. O piloto da Suzuki vinha em boa volta, mas não confirmou o ritmo na parcial final e não melhorou.

Já com a bandeira quadriculada tremulando, Zarco subiu para quarto, com Mir confirmando o quinto posto, à frente de Aleix. Oliveira pulou para oitavo no final.

LEIA TAMBÉM
Yamaha registra novo caso de Covid-19 e isola cinco funcionários em Valência
Com Portugal, Indonésia e Rússia na reserva, MotoGP tem calendário provisório para 2021
Mir lidera MotoGP com menor pontuação após 11 corridas em 27 anos

MotoGP 2020, GP da Europa, Valência, Grid de largada:

1P ESPARGARÓKTM1:40.434 
2A RINSSuzuki1:40.475+0.041
3T NAKAGAMILCR Honda1:40.530+0.096
4J ZARCOAvintia Ducati1:40.577+0.143
5J MIRSuzuki1:40.704+0.270
6A ESPARGARÓAprilia Gresini1:40.893+0.459
7J MILLERPramac Ducati1:40.893+0.459
8M OLIVEIRATech3 KTM1:41.328+0.894
9F MORBIDELLISRT Yamaha1:41.557+1.123
10B BINDERKTM1:41.781+1.347
11F QUARTARAROSRT Yamaha1:41.943+1.509
12A DOVIZIOSODucati1:42.249+1.815
13S BRADLHonda1:41.010+0.576
14A MÁRQUEZHonda1:41.276+0.842
15C CRUTCHLOWLCR Honda1:41.311+0.877
16F BAGNAIAPramac Ducati1:41.395+0.961
17V ROSSIYamaha1:42.039+1.605
18D PETRUCCIDucati1:42.244+1.810
20L SAVADORIAprilia Gresini1:42.532+2.098
20T RABATAvintia Ducati1:43.030+2.596
M VIÑALESYamaha1:41.310+0.876

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube