Retrospectiva 2021: Honda segue perdida na MotoGP, mas vê luz no fim do túnel

A Honda venceu três vezes na temporada da MotoGP, todas com Marc Márquez, mas sai de 2021 com uma sensação amarga de que está defasada em relação às rivais

QUARTARARO COLOCA CARTAS NA MESA E EXIGE MUDANÇAS NA YAMAHA | GP às 10

A Honda mais uma vez passou longe dos títulos na MotoGP. Por mais que tenha conquistado três vitórias, todas com Marc Márquez, a sensação é de que a montadora japonesa ficou no limbo durante toda a temporada e que raramente foi capaz de ser competitiva. Mesmo assim, tirou válidas lições para 2022 e consegue sonhar com um futuro mais esperançoso.

No fim, a montadora terminou o Mundial de Construtores na quarta colocação, mas muito atrás de Ducati e Yamaha, as principais rivais em anos anteriores. Entre as equipes, ficou no meio da tabela, com o quinto melhor desempenho. A segunda metade da temporada foi mais gentil, como um todo, mas deixa lições importantes para o próximo ano.

É bem verdade que as vitórias de Marc Márquez amenizaram a situação na Honda, apesar de duas delas terem acontecido em circuitos anti-horários — Sachsenring e Austin —, favorecendo assim o ombro ainda dolorido do multicampeão que voltava de lesão. A conquista em Misano, porém, mostra um cenário diferente, mas os erros marcaram o campeonato.

Marc Márquez venceu três vezes durante 2021 (Foto: Honda)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Chegando ao time após anos na KTM, Pol Espargaró viveu uma situação diferente. Claramente perdido no início, o espanhol parecia tentar em um ritmo a mais do que poderia e forçava erros tolos. As pontuações discretas mostraram que não tinha moto para fazer melhor. A pole-position em Silverstone e o pódio em Misano salvaram um complicado ano.

No outro time a correr com a moto RC213V, a LCR, a situação não foi boa. De bons resultados em 2020, o time virou mero coadjuvante no grid, com Takaaki Nakagami e Álex Márquez sofrendo no meio do pelotão. E essa parece ter sido a sina da Honda no ano.

Pol Espargaró sofreu ao longo do ano (Foto: Repsol)

Depois de sofrer com várias áreas, a Honda tentou fazer mudanças pontuais ainda durante 2021. Com a possibilidade de evoluir partes do equipamento para a próxima temporada, especialmente chassi e motor, a expectativa é de um salto para não precisar mais depender de Marc Márquez.

Com uma moto moldada para o hexcampeão da MotoGP, a Honda precisa mais uma vez se reinventar. Dessa vez, não para manter a hegemonia de títulos, mas para voltar a ser postulante a alguma disputa no campeonato. É hora da marca se reinventar, mas a oportunidade de modificar partes já soa como uma luz no fim do túnel de dois anos praticamente perdidos.

RETROSPECTIVA 2021
Quartararo usa consistência para dominar e vencer na MotoGP
Ducati fica sem cereja, mas tem bolo para lá de saboroso na MotoGP
Suzuki perde força e vira incógnita no grid da MotoGP em 2022
Marc Márquez vive montanha-russa em 2021, mas reencontra vitória
Viñales ativa ‘modo insano’ e acumula nova mancha na carreira
KTM ameniza crise com duas vitórias, mas faz ano opaco na MotoGP

REGULAMENTOS CONFUSOS ATRAPALHAM F1 E MOTOGP | GP às 10
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar