Rossi se diz “muito triste” com abandono no GP da França e fala em má sorte em 2020

O italiano lamentou não ter somado pontos nas últimas três corridas, destacando que a Yamaha tem apresentado ritmo competitivo na temporada

Valentino Rossi teve um final de semana para esquecer no GP da França com mais um abandono em 2020. Vítima de uma queda ainda na primeira curva, lamentou o resultado e a falta de sorte das últimas etapas, destacando que o bom ritmo está presente.

Em Le Mans, o italiano largou da décima colocação e escalava o pelotão. Mas poucos metros após a saída autorizada, perdeu a traseira da YZR-M1 e foi ao chão, obrigando Maverick Viñales, Aleix Espargaró e Joan Mir a desviarem.

Com isso, o competidor de 41 anos anotou o terceiro abandono em três corridas consecutivas. “Estou muito triste, cair assim na primeira volta é uma coisa ruim. Tive uma boa largada e estava bem”, pontuou.

Rossi teve o terceiro abandono em três corridas (Foto: Yamaha)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Na primeira curva para a esquerda, todos entramos calmamente, pois as condições eram muito difíceis devido ao frio. Também entrei muito devagar, mas começou atrás de mim e não entendi o que aconteceu”, continuou.

“É um período que ando tendo muita falta de sorte, devo dizer, porque não consigo somar um ponto nas últimas três corridas mesmo se meu desempenho não tenha sido ruim, pois nos treinos, sempre sou competitivo”, concluiu.

Em sua carreira, Rossi só teve outros dois anos com três abandonos consecutivos. O primeiro foi em 2011, sua primeira temporada com a Ducati. Depois, no campeonato passado, quando teve problemas na Itália, Catalunha e Holanda.

Na atual campanha, além dos últimos três abandonos, Valentino também não terminou a primeira etapa do calendário por problemas no motor da Yamaha. Ainda, tem uma terceira colocação como melhor resultado e aparece em 13º na classificação.

LEIA TAMBÉM
Parceiros de rejeição precoce, Petrucci e Álex Márquez vão à desforra em Le Mans

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube