Yamaha YZR-M1 envia carta de despedida e declara amor a Rossi: “Me fez amada outra vez”

A Yamaha divulgou uma carta assinada pela YZR-M1 para se despedir de Valentino Rossi. O texto relembra momentos importantes de uma trajetória de 16 anos

Valentino Rossi recebeu uma carta da amada YZR-M1 na despedida da MotoGP. Neste domingo (14), o italiano encerrou uma carreira de 26 anos com um décimo lugar no GP da Comunidade Valenciana.

Em um comunicado enviado à imprensa, a Yamaha avaliou que ainda faltava a despedida de “alguém que você gosta muito”.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A primeira vitória com a Yamaha, em 2004, é um dos capítulos mais memoráveis da história de Rossi na MotoGP (Foto: Divulgação)

VEJA MAIS
Rossi recebe visita surpresa do ídolo Ronaldo Fenômeno na despedida da MotoGP
Pupilos prestam homenagem e usam réplicas de capacetes de Rossi em Valência
F1 convoca pilotos e faz homenagem a Rossi em dia de aposentadoria da MotoGP
# Rossi dá adeus em Valência e encerra trajetória que mudou história da MotoGP

Em 2010, quando deixou a Yamaha para correr pela Ducati, Rossi enviou uma carta à moto, também falando do amor entre eles. Agora, foi a vez de o protótipo japonês declarar amor pelo protótipo com que conquistou as melhores colocações da carreira.

“Todos se despediram de você, Valentino. Mas falta alguém muito especial para você”, começou a Yamaha. “Aqui está”, anunciou.

“Eu me lembro do sábado, 24 de janeiro de 2004 como se fosse ontem.
Nosso primeiro encontro na Malásia.
Esperei por alguém como você por tanto tempo.
Estava nervosa, mas foi amor à primeira vista para nós dois.
Sabia instantaneamente que a nossa relação seria verdadeiramente especial.
Tivemos uma daquelas faíscas que acontecem uma vez na vida, e todas as peças do quebra-cabeças se encaixaram.
Jamais vou esquecer de quando paramos na grama de Welkom, em 2004.
Só nós dois, percebendo que eu e você, juntos, era a coisa certa ― e aquele foi só o início.
Vencemos quatro títulos da MotoGP e 56 corridas juntos.
Levamos alegria para milhões de pessoas ao redor do mundo e criamos memórias que vão durar uma vida toda.
Fizemos história, pois trabalhamos como um só e extraímos o melhor um do outro.
Você me fez forte outra vez.
Você me fez respeitável outra vez.
Você me fez amada outra vez.
Só você, Valentino, tinha o poder para fazer isso.
E eu confiei completamente em você.
Eu te apoiei de todo o coração.
Lutei suas batalhas com você.
Só eu pude tornar o esporte a motor empolgante para você até o final.
Desde o nosso primeiro beijo na grama de Welkom até a nossa última dança em Valência este ano, passamos por muitas aventuras extraordinárias.
E tiveram nossas viagens especiais a Laguna Seca em 2008 e Catalunha em 2009.
Ninguém tinha manobras como nós naquela época, né?
E teve Assen 2009 também, quando eu te ajudei a conquistar sua 100ª vitória.
Foi mágico!
Carreguei você por 16 anos de sua incrível carreira.
Mas você também me carregou no seu coração.
De Mugello a Motegi, de Silverstone a Sepang, de Barcelona a Buriram, nós sempre estivemos lá um pelo outro.
Te dei tudo de mim, assim como você fez comigo.
Uma coisa de que vou sempre me lembrar são as nossas conversas no grid.
Fomos você e eu contra o mundo.
Você e eu eram como ‘Pilotar ou Morrer’.
Mas, infelizmente, até as mais belas histórias chegam ao fim.
Valentino, você é parte de mim.
Parte da minha história.
Parte de quem eu sou hoje e de quem serei muito depois da nossa separação.
Nossa conexão é verdadeiramente especial e vou sentir sua falta mais do que você jamais saberá.
Obrigada, Valentino.
Com amor.
Sua YZR-M1”.

Para marcar a despedida de um dos maiores ícones esportivos desta geração, o GRANDE PRÊMIO preparou um especial, com números, análises e muito mais. O conteúdo todo será divulgado no dia 16. Fique ligado!

VEJA TAMBÉM
Gardner usa consistência para ser campeão da Moto2 e igualar feito do pai no Mundial

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar