Perto das férias, mercado de pilotos da F1 2022 ferve: quem fica e quem sai | Paddockast #114

Depois do GP da Hungria, a Fórmula 1 entra em férias. Mas é neste período que as negociações para a próxima temporada esquentam, por isso a edição 114 do Paddockast, o podcast do GRANDE PRÊMIO, analisa o mercado de pilotos e analisa as peças que faltam para completar o quebra-cabeças do grid 2022

A Fórmula 1 desembarca na Hungria neste fim de semana, para a última etapa da primeira parte de temporada. Para muita gente, é a última grande chance de mostrar serviço e garantir lugar no ano que vem. O ponto é o seguinte: se no ano passado o campeonato já começou com o mercado alucinado para 2021, neste ano as coisas são diferentes. Várias vagas já nasceram fechadas e algumas renovações queimaram a largada. Mas demissões e contratações ainda estão no ar.

McLaren, Ferrari e Aston Martin, por exemplo, iniciaram a temporada com as duplas formadas para 2022. O mesmo dá para dizer sobre Fernando Alonso na Alpine e, claro, Max Verstappen na Red Bull. Esses caras todos estão sob contrato.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

São oito das 20 vagas. Então, vieram as renovações. Depois de meses e mais meses de discussão para renovar em fevereiro e por um ano neste 2021, Lewis Hamilton e a Mercedes se adiantaram para confirmar uma extensão por dois anos. Logo antes disso, Esteban Ocon e a Alpine anunciaram o acordo por mais alguns anos.

Agora restam ainda algumas vagas importantes. Por isso, a edição 114 do Paddockast, o podcast do GRANDE PRÊMIO, analisa o mercado de pilotos e analisa as peças que faltam para completar o quebra-cabeças do grid 2022.

Outras opções: Android | Castbox | Deezer | Google Podcasts | Listen Notes | iTunes | playerFM Spreaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar