Sertões cancela 6ª etapa após chuvas e fica a um dia de definir campeões de 2020

O mau tempo fez com que a organização do Sertões cancelasse uma outra especial da 28ª edição do rali. Assim como aconteceu na última terça-feira, a especial desta sexta-feira também foi convertida em deslocamento em virtude das fortes chuvas, desta vez, no sul do Maranhão

O Sertões mais chuvoso dos últimos anos sofreu o segundo cancelamento de etapa. Na edição 2020, excepcionalmente reagendada entre o fim de outubro e começo de novembro por conta da pandemia do novo coronavírus, a penúltima especial, que seria disputada nesta sexta-feira (6), foi convertida em deslocamento, novamente por conta das chuvas.

Assim como aconteceu na última terça-feira, no norte de Goiás, a organização do maior rali das Américas decidiu cancelar a sexta especial, entre as bolhas de Carolina e Bacabal, no Maranhão, por conta do mau tempo, o que impede a decolagem das aeronaves de monitoramento e também dos helicópteros de resgate caso fosse necessário.

ASSISTAEmoção com Barrichello, maratona e sorteio: live Motul no Sertões 2020

SERTÕES 2020; SERTÕES; RALI; 2020
A chuva levou a organização do Sertões a cancelar a sexta etapa da edição 2020 (Foto: Cadu Rolim/Shez)

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

A programação original para a sexta-feira de competição no Sertões compreenderia 126 km de deslocamento inicial, com trecho cronometrado de 300 km e outros 365 km de deslocamento final, o que totalizaria 791 km, o percurso total mais longo da edição 2020.

Entretanto, o mau tempo, que tem sido a tônica nos últimos dias entre Goiás, Tocantins e norte do Maranhão, impediu a realização de mais uma etapa em condições seguras para pilotos e navegadores.

O cancelamento da sexta etapa faz com que a edição 2020 do Sertões tenha pela frente apenas a sétima e derradeira especial. Desta forma, restam apenas 258 km de deslocamento inicial e 223 km de trecho cronometrado, segundo a programação original, antes da chegada a Barreirinhas, palco da rampa final da prova neste sábado.

Apesar de ser o dia final de Sertões, pilotos e navegadores não vão ter moleza. Isso porque o sábado antes da chegada a Barreirinhas vai ser formado por muita areia, o que vai novamente exigir muito da navegação. O começo da especial será até um pouco travado, em piçarras, mas vai ficando arenoso ao passo em que o percurso passa por pequenos riachos, com a tendência de estar seco no dia da especial.

Leia também: “Orgulhoso”, Barrichello fecha participação no Sertões 2020 com top-10 e promete voltar
De Mogi Guaçu a Barreirinhas e etapa Maratona no início: o roteiro do Sertões 2020
Da luta contra morte ao renascimento: Helena Soares coroa história de um milagre no Sertões
Jutta Kleinschmidt acompanha Sertões 2020 “feliz por ser inspiração para tantas mulheres”

SERTÕES 2020; SERTÕES; RALI; 2020
A chuva levou a organização do Sertões a cancelar a sexta etapa da edição 2020 (Foto: Cadu Rolim/Shez)

Depois do abastecimento, previsto para metade da etapa, aí é que as dificuldades serão críticas por conta da areia e da navegação. Com muitos waypoints a serem cobertos, qualquer erro pode colocar tudo a perder.

Os líderes do Sertões, portanto, têm apenas um dia antes da conquista do título do maior rali das Américas. O que não significa, pelo trecho longo de especial, que será uma missão fácil. Em uma etapa mais curta, os líderes costumam marcar — andar próximo — dos seus principais concorrentes para administrar a vantagem antes da zona de meta final, mas diante de um trecho cronometrado bem mais longo, a luta pela vitória segue sendo imprevisível.

Na disputa das motos, Ricardo Martins, da Yamaha, dorme em Bacabal com 4min30s de vantagem para seu concorrente mais próximo, o atual bicampeão Tunico Maciel, da Honda, enquanto Júlio César ‘Bissinho’ Zavatti aparece em terceiro, com 10min51s de atraso para o líder.

A batalha pelo título na competição dos carros é protagonizada pelos irmãos Baumgart. Marcos Baumgart e seu navegador, Kleber Cincea, tricampeões brasileiros de rali cross-country, que formam parceria há 13 anos, estão próximos da conquista do primeiro Sertões.

Leia também: Motul une forças com Sertões, traz expertise de lubrificantes e batiza categoria dos fortes

Os dois concorrem direto com os companheiros de equipe na X Rally Team: Cristian Baumgart e Beco Andreotti estão somente 1min26s atrás dos colegas e ainda perseguem o tetra do Sertões a bordo da Toyota Hilux IMA. A equipe, chefiada por Andreotti, tem ampla vantagem para o terceiro colocado, a dupla formada por Sylvio de Barros e Rafael Capoani, também da X Rally, mas com Ford Ranger. Os dois estão 28min57s atrás dos líderes.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Nos UTVs, Rodrigo Varela e Gunnar Dums travam uma batalha que tem como grande concorrente a dupla formada por Denísio Casarini e Ivo Mayer. Depois de uma quarta-feira que marcou as baixas dos atuais campeões Denísio do Nascimento e Idali Bosse e do também campeão Bruno Varela, ao lado do navegador Gustavo Bortolanza, Rodrigo e Gunnar estão na frente com 4min36s de frente para Casarini e Mayer.

Se o tempo ajudar, o Sertões ainda tem pela frente a etapa decisiva antes da chegada a Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses, para fechar a edição 2020 e confirmar os grandes campeões.

Leia no GRANDE PREMIUM
Como Sertões almeja superar Dakar e ser o maior rali do mundo
A galeria com todos os campeões e as lendas do Sertões

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube