W Series anuncia acordo com Grupo Globo para transmissão da temporada 2021

A segunda temporada da categoria exclusiva para mulheres no esporte a motor vai contar com a transmissão do SporTV, canal esportivo por assinatura do Grupo Globo. O campeonato começa no próximo dia 26 de junho

Acidente do líder, erro do campeão e vitória de Pérez: os melhores momentos do GP do Azerbaijão (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O Grupo Globo adquiriu os direitos de transmissão da W Series e vai exibir a segunda temporada da categoria exclusiva para mulheres no esporte a motor. O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (14). A W Series traz como grande objetivo alcançar 500 milhões de espectadores e cobertura em mais de 175 países nesta retomada da categoria.

Depois de um ano longe do calendário em razão da pandemia, a W Series voltará a ser disputada em 2021 e tem seu início marcado para 26 de junho com a primeira corrida do campeonato, agendada para o Red Bull Ring.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A W Series terá sua segunda temporada exibida na tela dos canais SporTV (Foto: W Series)

O grid da W Series contará com uma brasileira: a catarinense Bruna Tomaselli, de 23 anos. Desta forma, Bruna vai ter suas corridas transmitidas pelo SporTV, canal esportivo por assinatura do Grupo Globo. Em 2019, ano que teve Jamie Chadwick como grande campeã, a categoria foi transmitida pelos canais ESPN.

A partir desta temporada, a W Series vai cumprir com o objetivo traçado desde seu nascimento e vai fazer parte de oito finais de semana da Fórmula 1, sendo um dos eventos-suporte da principal categoria do esporte a motor.

De acordo com o calendário original previsto para a categoria, a W Series vai correr duas vezes no Red Bull, em 26 de junho e 3 de julho. Duas semanas depois, viaja a Silverstone para a terceira etapa, enquanto a quarta corrida do ano acontece em Hungaroring, sempre como evento-suporte da Fórmula 1.

Depois das férias de verão na Europa, a categoria volta a acelerar no fim de semana do GP da Bélgica com a etapa em Spa-Francorchamps no dia 28 de agosto. Uma semana depois, a W Series corre na Holanda com a prova em Zandvoort. A grande novidade em relação à primeira temporada é a disputa de duas corridas fora da Europa. O Circuito das Américas, em Austin, vai receber a sétima e penúltima etapa, em 23 de outubro, enquanto o México está no calendário como palco da corrida derradeira da temporada.

Catherine Bond Muir, CEO da W Series, comemorou a chance de expandir a cobertura da categoria em quase o dobro na comparação com a temporada inaugural.

“Estamos muito satisfeitas em ver um apetite tão incrível pela W Series entre as principais emissoras do mundo. Nossa missão é mostrar nosso fantástico grid de pilotas e as emocionantes corridas que elas proporcionam para tantos fãs ao redor do mundo, e isso não pode acontecer sem o apoio entusiasta de uma rede global de emissoras”, disse.

“Não há dúvida de que nossa parceria com a Fórmula 1 nesta temporada fez uma diferença decisiva na forma em como a W Series foi reconhecida. Isso tornou muito mais fácil para interagir com as principais emissoras. Além disso, ter um grid de pilotas internacionais significa que há um forte apoio em seus países de origem”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar