Mortara voa com cronometro zerado e inicia caça a Wittmann com pole-position da corrida 1 em Hungaroring

Edoardo Mortara foi o dono da primeira classificação do final de semana do DTM na Hungria, mas uma volta forte de Jamie Green quase o derrubou da posição de honra. Com o relógio no zero e a bandeira quadriculada acionada, porém, ele voltou para mostrar que está vivo na luta pelo título

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Indo à caça de Marco Wittmann nas duas etapas que restam na temporada 2016 do DTM, Edoardo Mortara começou sua série muito bem: fez a pole-position da primeira corrida em Hungaroring, na manhã deste sábado (24). E foi com emoção, visto que Jamie Green quase estragou a festa a minutos do final da sessão.

 
Mortara foi o dono da festa por quase todo o tempo, aparecendo na frente desde o início. Só que, com menos de cinco minutos do relógio, Green fez uma excelente volta e pulou para a ponta. Apenas para Mortara, com o cronômetro já zerado, cravar 1min35s282 e voltar ao topo da classificação.
 
Com Green apenas 0s082 atrás, foi uma primeira fila que apenas abriu o domínio completo da Audi. Os oito carros da marca das três argolas ocuparam as oito primeiros colocações. Miguel Molina e MIke Rockenfeller formam a segunda fila; Nico Müller e Adrien Tambay, a terceira; Timo Scheider e Mattias Ekström, a quarta.
 
Apenas uma Mercedes ficou no top-15: foi exatamente Felix Rosenqvist, em nono. A Mercedes chegou à pista húngara com 30 kg a mais que a Audi por conta do sistema de lastros do DTM.
Edoardo Mortara (Foto: DTM)
Depois do sueco, agora também piloto da F-E, foi uma série de BMW. Wittmann foi o décimo, abrindo uma série de seis BMW. Augusto Farfus, porém, larga apenas na 20ª colocação.
 
Wittmann tem 170 pontos no campeonato, 33 a mais que os 137 de Mortara. O terceiro colocado do campeonato é da Mercedes, Robert Wickens, com 120 – ele larga apenas na 18ª colocação. Green e Paul di Resta – que larga em 22º – são os dois outros pilotos com pelo menos uma centena de pontos, respectivamente 119 e 100. Com duas etapas e quatro corridas ainda restantes, 100 pontos estão em voga.
 
A largada acontece às 10h30 (de Brasília)
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube