Após mais um dia ruim, Albon diz que GP de Portugal “vai ser fácil de pôr no passado”

Ansioso pelo futuro para colocar o presente no passado: é isso que, apesar de confuso, Alex Albon quer fazer com o GP de Portugal de 2020

O relógio está correndo para Alexander Albon. Reconhecidamente pressionado pela Red Bull, o piloto tailandês voltou a viver um dia bastante difícil no GP de Portugal deste domingo (25), em Portimão. Enquanto Max Verstappen conquistou novo pódio, Albon ficou na 12ª colocação e quer colocar a prova no passado.

Na tentativa de justificar o rendimento, tentou explicar o motivo de ficar preso tão atrás mesmo com o bom carro da Red Bull.

“Os dois carros tiveram problemas na largada. Não tivemos muita aderência, a primeira volta foi caótica. Alguns pneus funcionaram de cara, como os da McLaren e Kimi, que passaram voando por nós, pareciam estar em outra pista”, disse.

Alex Albon está a perigo (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)

+Do Canadá/2007 a Eifel/2020: como Hamilton alcançou Schumacher em número de vitórias

+Do McLaren MP4-22 ao Mercedes W11: os carros vencedores de Hamilton na F1

“As primeiras voltas foram loucas, foi quando perdemos posições. Quando os pneus aqueceram, o carro passou a ficar bom. Passamos a corrida inteira presos atrás de outros carros”, seguiu.

“Tive muitas dificuldades na curva 14, então nunca conseguia chegar tão perto assim para ter oportunidades na curva um. Vai ser fácil colocar essa corrida no passado”, finalizou.

Albon tem 64 pontos no campeonato e está apenas na oitava colocação. Pierre Gasly, de AlphaTauri, tem 63.

Assista aqui ao BRIEFING pós-corrida do GP de Portugal na GPTV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube. A próxima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1 acontece já no próximo domingo, o GP da Emília-Romanha, que marca o regresso de Ímola ao calendário depois de 14 anos.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar