F1

Chefe afirma que Mercedes “não teria vencido cinco títulos” sem “humano incrível” que é Hamilton

Com o título do Mundial de Construtores garantido no último domingo (11) após a vitória de Lewis Hamilton no GP do Brasil, Toto Wolff celebrou a conquista da Mercedes elogiando seu piloto principal. E garante: nunca teria vencido tanto sem ele
Warm Up, de São Paulo / FELIPE NORONHA, de Interlagos / PEDRO HENRIQUE MARUM, de Interlagos
 Toto Wolff (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

A Mercedes conquistou no último domingo (11), pela quinta vez seguida, o Mundial de Construtores da F1. Em todas, um dos personagens foi alguém que também é pentacampeão: Lewis Hamilton.

E a equipe alemã sabe que, sem o dono do título de 2018, seria difícil ser dona de tal currículo dentro da principal categoria do automobilismo mundial.

Foi o que deixou claro um sorridente e simpático Toto Wolff, durante entrevista coletiva após o GP do Brasil, em Interlagos, e acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.
Toto Wolff e Lewis Hamilton (Foto: Mercedes)
Usualmente com semblante sisudo, Wollf estava de camiseta e alegre, mais solto que o usual, durante as questões dos jornalistas. E foi com essa postura que elogiou fortemente seu piloto principal. 

"A resposta é não. Não teríamos vencido cinco campeonatos sem ele", afirmou, quando questionado se a Mercedes venceria sem o britânico.

"Ele é um excepcional piloto e um humano de personalidade incrível. Ele é parte integral da equipe: é ele que pilota o carro. Tem muitas outras pessoas que contibuem para nosso sucesso, mas não aconteceira sem ele, e não aconteceria sem o que ele tem feito", completou Wolff.

A Mercedes levou o título entre os Construtores com 620 pontos, contra 553 da Ferrari. Hamilton foi responsável por 383 destes pondos, garantindo o título e o próprio penta.