Claire diz que Williams se animar com ponto seria errado: “Não estou feliz”

Dependendo da apelação que a Alfa Romeo entrou na FIA, a Williams no momento segue com um ponto no campeonato: o de Robert Kubica na Alemanha. Mas Claire Williams prefere não comemorar, até para que a história da equipe na F1 não seja diminuída

A Williams segue a última colocada no Mundial de Construtores mas, ao menos no momento, tem um ponto para chamar de seu. Por enquanto, já que a Alfa Romeo entrou com recurso para recuperar as posições de Kimi Räikkönen e Antonio Giovinazzi, punidos no GP da Alemanha – a causa para Robert Kubica ser alçado ao 10° lugar.

Enquanto espera a confirmação do ponto que tira sua equipe do zero, Claire Williams comenta sobre a situação. Não de forma animada, claro.

Na coletiva dos dirigentes, realizada nesta sexta-feira (1) em Hungaroring, Claire foi questionada sobre como a equipe recebia esse ponto em meio aos 3561 conquistados em sua história na Fórmula 1. E mostrou que não se importa muito.

Claire Williams (Foto: Williams)
Paddockast #27
Schumacher e Vettel: UNIDOS POR UM RECORDE

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"Acho que, para a equipe, ficarmos animados com um ponto seria um leve erro", afirmou. "Todos ns Williams têm trabalhado muito esse ano, tem sido uma temporada brutal para nós, então suponho que esse tipo de recompensa deveria ser aceita de forma feliz, mas a Alfa Romeo está apelando contra, então devemos esperar', seguiu.

"Mas um ponto, para mim, como membro da Williams, pessoalmente não posso ficar feliz com isso, e não acho que nossa equipe está necessariamente animada com isso", concluiu.

Kubica é o dono do ponto. George Russell, o outro piloto da equipe em 2019, segue zerado na competição.

A classificação para o GP da Hungria da F1 ocorre às 10h do sábado – antes, às 7h, acontece o terceiro treino livre. GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO E EM TEMPO REAL.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube