Ferrari destaca melhora em volta única e “grande passo” em leitura de desgaste de pneus

Frédéric Vasseur, chefe da Ferrari, afirmou que é bom começar o final de semana tendo ao menos uma boa leitura do comportamento do carro, algo que não acontecia no ano passado

Vencedora da última corrida da temporada 2024 da Fórmula 1 realizada até então, a Ferrari deixou a Austrália relativamente satisfeita com uma questão que a atormentou em muitos momentos no ano passado: o desgaste dos pneus. O chefe, Frédéric Vasseur, destacou que ter “uma boa leitura” do comportamento da borracha faz a equipe italiana começar os finais de semana mais bem preparada.

O progresso da Ferrari no gerenciamento da borracha foi notado até pela rival Red Bull. Para o chefe dos taurinos, Christian Horner, este tem sido um ponto “particularmente forte” do time de Maranello neste começo de temporada.

Relacionadas


De fato, a Ferrari conseguiu se aproveitar da quebra de Max Verstappen no GP da Austrália e emplacou a primeira dobradinha desde 2022, no Bahrein, com Carlos Sainz recebendo a bandeirada em primeiro, à frente de Charles Leclerc. Durante toda a prova, o espanhol conseguiu imprimir um ritmo forte e não deu chance aos demais adversários.

Vasseur citou à imprensa ainda em Melbourne o quanto começar as atividades do fim de semana tendo tal controle é crucial na busca para alcançar a Red Bull. “Estamos prontos para o fim de semana, mas quando se tem pequenos problemas ou questões de confiabilidade, ou não se tem um fim de semana limpo, perde-se tempo. E você não pode perder uma volta quando está perseguindo a Red Bull.”

Em seguida, o francês ressaltou que o desempenho do RB20 não é algo que o preocupa. “Não estou nem um pouco focado no desempenho da Red Bull, estou focado no desempenho do nosso carro.”

Ferrari está satisfeita com progresso no controle do desgaste de pneus (Foto: AFP)

“Demos um grande passo adiante, talvez em volta única, é verdade, mas não estávamos em lugar nenhum no ano passado em ritmo de volta única”, acrescentou.

“Mas demos um grande passo, acredito que mais na consistência entre os dois compostos. Entre um stint e outro, o carro fica muito mais fácil de pilotar, muito mais fácil de ser entendido também pelos pilotos e muito mais fácil de desenvolver. É provavelmente o maior avanço que demos em comparação com o ano passado, algo que possamos ao menos ter uma boa leitura do carro bem no começo do fim de semana”, concluiu Vasseur.

GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL todas as atividades do GP do Japão, em Suzuka, e transmite classificação e corrida em segunda tela, em parceria com a Voz do Esporte, na GPTV, o canal do GP no Youtube. Além disso, debate tudo que aconteceu na pista com o Briefing após segundo treino livre e classificação, além de antes e depois da corrida. O treino livre 1 está marcado para as 23h30 da quinta-feira (horário de Brasília, GMT-3), seguido pelo TL2 às 3h da sexta-feira; ainda na noite da sexta-feira, vem o TL3, marcado para às 23h30, seguido pela classificação, às 3h do sábado; no domingo, a largada está marcada também para as 2h.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.