Steiner fala em relaxar após demissão e diz que volta à F1 vai depender de “algo interessante”

Guenther Steiner deixou o futuro na Fórmula 1 em aberto e reforçou que, em um primeiro momento, o foco é passar mais tempo com a família e amigos e resolver pendências da vida pessoal

Guenther Steiner foi demitido da Haas e não vai acompanhar o circo da Fórmula 1 ao longo da próxima temporada. O ex-chefe, no entanto, revelou que não está preocupado em seguir carreira na maior categoria do esporte a motor e disse que o foco em 2024 está voltado para assuntos pessoais. Ainda assim, deixou uma porta aberta, mas só para algo realmente interessante, em suas palavras.

Steiner esteve no comando da Haas desde que a equipe estreou na F1 em 2016. Porém, depois de algumas temporadas complicadas, principalmente em 2021 e 2023, em que foi a lanterna no Mundial de Construtores, Gene se viu obrigado a fazer alterações por se sentir “envergonhado” com o desempenho do time.

Relacionadas


Depois de perder a chance junto da Haas, Steiner disse que, em um primeiro momento, não está focado em encontrar um novo emprego na F1. O italiano, no entanto, não descartou um possível retorno para o esporte caso tenha a oportunidade de trabalhar junto de uma equipe com um projeto sério e com intenções de alcançar grandes objetivos.

A Haas amargou a última posição entre os construtores em 2023 (Foto: Haas F1 Team)

“No momento, estou tranquilo com a situação. Não sou infeliz e conheço muita gente, tenho muitos amigos e quero passar um tempo com a família. Se surgir algo interessante que me desafie, sim, mas ficar na Fórmula 1 apenas para fazer um trabalho qualquer não é o que eu quero”, contou Guenther.

“Precisa ser algo onde eu possa ver futuro. Não quero apenas ir lá e depois passar para a próxima fase. Quero fazer algo em que posso chegar a algum lugar. Mas como eu disse, no momento, só quero relaxar. Foram anos difíceis para mim. Ainda estou bem, mas tenho muitas coisas para fazer”, finalizou Steiner.

Na temporada 2023 a Haas somou apenas 12 pontos, sendo nove com Nico Hülkenberg e três com Kevin Magnussen. O resultado deixou a esquadra de Gene na última posição no Mundial de Construtores.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.