Magnussen controla otimismo e vê “baixas expectativas” para Haas no início da F1 2024

Kevin Magnussen elogiou estilo do novo chefe de equipe, Ayao Komatsu, e espera evolução da Haas ao longo da temporada, apesar de provável início ruim

Ayao Komatsu ainda não completou nem dois meses no cargo de chefia da Haas, mas o estilo ‘pé no chão’ e realista já agradou os pilotos do time americano, principalmente Kevin Magnussen. O dono do carro #20 elogiou o método de trabalho do japonês, e disse que a chegada do novo comandante ajudou a evitar “otimismo irreal” para a temporada.

Depois de ver a equipe amargar a última posição no Mundial de Construtores em 2023, o proprietário Gene Haas decidiu que era hora de fazer mudanças e demitiu Guenther Steiner, promovendo Komatsu — que trabalhava como engenheiro desde 2016 — para ocupar o lugar do italiano.

Relacionadas


“As expectativas estão sendo muito bem administradas este ano”, disse Magnussen, elogiando o novo dirigente. “Acho que em alguns anos houve um otimismo irreal nas temporadas, e também fui afetado por isso”, admitiu.

“Certamente, Ayao deixou bem claro que ainda não acha que saímos da posição do ano passado, mas já falou que vê a trajetória de desenvolvimento parecendo muito mais forte, então ele está realmente otimista de que podemos avançar neste ano”, explicou Kevin. “Todo o grid está muito próximo e acho que no ano passado esbarramos completamente em alguns obstáculos em termos de desenvolvimento”, reconheceu.

VF-24 durante shakedown em Silverstone (Foto: Haas)

A Haas foi a primeira equipe a apresentar o novo carro para a temporada 2024 da Fórmula 1. Com o VF-24, o time da Carolina do Norte espera realmente dar um salto na tabela. Magnussen, por sua vez, admitiu estar otimista com o conceito adotado no novo bólido.

“Não poderíamos realmente quebrar essa barreira até mudarmos o conceito, e este ano parece muito melhor”, garantiu. “As expectativas são baixas no início, mas altas para a temporada como um todo”, completou.

Nico Hülkenberg também comentou a chegada de Komatsu. Embora tenha trabalhado com o engenheiro apenas no ano passado, o alemão foi outro que viu sinais promissores em seu método de trabalho durante este primeiro mês. “Meu relacionamento com Ayao é muito bom, trabalhei em estreita colaboração com ele no ano passado durante toda a temporada”, começou o #27.

“Acho que temos uma grande mudança no comando, mas é interessante. Existem outras equipes que fizeram algo semelhante, colocando técnicos na função principal da equipe, e isso funcionou muito bem para elas”, destacou Nico, antes de finalizar: “Acho que Ayao trabalhará do seu jeito, mas acho que ele traz muito conhecimento técnico e experiência.”

A Fórmula 1 retorna às pista de 21 e 23 de fevereiro, com os testes coletivos de pré-temporada no Bahrein, no circuito de Sakhir.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.