Mercedes finalmente anuncia Russell como companheiro de Hamilton a partir da F1 2022

George Russell finalmente vai defender a Mercedes na Fórmula 1. Depois de meses de especulações, o jovem inglês foi anunciado como novo companheiro de Lewis Hamilton para a temporada 2022. Russell substitui Valtteri Bottas

F1: O SHOW DE VERSTAPPEN NA HOLANDA E O ANÚNCIO DE BOTTAS NA ALFA ROMEO | PADDOCK GP #255

Finalmente, na manhã desta terça-feira (7), a Mercedes tornou oficial aquilo que já era praticamente de conhecimento público há meses na Fórmula 1. A partir da temporada 2022, George Russell será o companheiro de Lewis Hamilton. A chegada do jovem inglês coincide também com a entrada de um novo e revolucionário regulamento técnico do Mundial. O prodígio britânico chega como parte desta renovação e, reforça a Mercedes, com um contrato de longo prazo. A duração não foi revelada.

No comunicado emitido nesta manhã, a Mercedes enalteceu seu mais novo contratado. “Sua ética de trabalho e performance nos impressionaram durante suas três temporadas com a Williams. Ele agora está pronto para dar o próximo passo para a Mercedes e continuar seu desenvolvimento de carreira ao lado de Lewis Hamilton após assinar um contrato de longo prazo com a equipe”.

GEORGE RUSSELL; MERCEDES; FÓRMULA 1;
George Russell será o novo titular da Mercedes e fará dupla com Lewis Hamilton em 2022 (Foto: Steve Etherington/Mercedes)

“É um dia especial para mim pessoal e profissionalmente, mas também um dia de sentimentos mistos. Estou animado e honrado por me unir à Mercedes no ano que vem, o que é um grande passo na carreira, mas também significa que vou me despedir dos meus companheiros de equipe e amigos na Williams. Foi uma honra trabalhar ao lado de todos os membros da equipe e é uma honra representar o nome Williams na Fórmula 1”, disse o piloto, que exaltou cada membro da equipe de Grove.

“Desde que entrei na equipe, em 2019, estamos trabalhando incansavelmente para impulsionar uns aos outros e trazer a equipe de volta ao seu lugar. Lutamos por cada posição em classificação, cada ponto e cada décimo de segundo. Não importa o quão difícil tenha sido, ninguém jamais desistiu, e isso me inspira todos os dias. Amei cada momento no que descreveria como uma verdadeira equipe de corrida de coração e alma, e vou me esforçar mais do que nunca para garantir que terminaremos nossa história da melhor forma possível”, comentou George.

“Sobre a próxima temporada, estaria mentindo se dissesse que não estou absurdamente empolgado. É uma grande oportunidade e quero agarrar com as duas mãos. Mas não tenho ilusões quanto à escala do desafio: vai ser uma curva de aprendizado íngreme. Valtteri [Bottas] estabeleceu um padrão alto, consistentemente correspondendo semana após semana e marcando vitórias, poles e ajudando a equipe a conquistar vários títulos”, salientou.

Na Hungria, George Russell se emocionou ao pontuar pela primeira vez com a Williams (Vídeo: Duna TV)

Russell também falou sobre a chance de retribuir na pista com a chance que lhe foi dada e reforçou a importância de correr ao lado de quem o jovem considera “o melhor piloto de todos os tempos”: Lewis Hamilton.

“Meu objetivo deve ser recompensar a confiança que Toto [Wolff], a equipe e a diretoria depositaram em mim, garantindo que eu desempenhe minha parte na continuidade desse sucesso. Quero deixar meus novos companheiros de equipe orgulhosos. Claro, um desses novos companheiros é, na minha opinião, o maior piloto de todos os tempos. Admiro Lewis desde que eu estava no kartismo, e a oportunidade de aprender com alguém que se tornou um modelo dentro e fora da pista só pode me beneficiar como piloto, profissional e ser humano”, afirmou.

“Por enquanto, porém, tenho mais nove corridas como piloto da Williams e quero garantir que sejam as melhores nove corridas da minha fase com a equipe. Então, e somente depois, posso voltar minha atenção para 2022. Muito obrigado à Williams, à Mercedes e a todos que me apoiaram para chegar onde estou hoje. Não poderia ter feito isso sem cada um de vocês”, concluiu o futuro titular da equipe heptacampeã mundial de Fórmula 1.

TOTO WOLFF; GEORGE RUSSELL;
George Russell vai trabalhar lado a lado com Toto Wolff, agora como titular da Mercedes (Foto: Mercedes)

Chefe da Mercedes, Toto Wolff reiterou o que já havia mencionado na segunda-feira quando a Alfa Romeo confirmou a contratação de Bottas.

“Não foi um processo fácil ou uma decisão simples para nós. Valtteri fez um trabalho fantástico nas últimas cinco temporadas e deu uma contribuição essencial para nosso sucesso e crescimento. Ao lado de Lewis, ele construiu uma parceira de referência entre dois companheiros de equipe no esporte, e isso tem sido uma arma valiosa em nossas batalhas pelo título e nos impulsionou a alcançar um êxito sem precedentes. Ele merecia, absolutamente, ficar com a equipe, e estou satisfeito por ele ter conseguido seguir para um desafio empolgante na Alfa Romeo para seguir sua carreira no mais alto nível no esporte. Quando chegar a hora, ele vai nos deixar com o apreço de cada membro da equipe e fará, para sempre, parte da família Mercedes”, declarou o austríaco.

“Sobre 2022, estamos muito felizes em confirmar que George vai ter a oportunidade de dar o próximo passo em sua carreira e ingressar na Mercedes. Ele foi um vencedor em todas as categorias, e as últimas três temporadas com a Williams nos deram uma amostra do que o futuro pode reservar para ele na Fórmula 1. Agora, é nosso desafio ajudá-lo a continuar aprendendo em nosso ambiente e ao lado de Lewis, o maior piloto de Fórmula 1 de todos os tempos”, destacou Toto.

“Estou confiante de que, ao passo que o relacionamento deles crescer, eles vão formar uma equipe forte e vão entregar para a Mercedes dentro e fora da pista nos próximos anos. É um alívio tirar [essa definição] dos nossos ombros e ter os nossos planos para 2022 claros e anunciados. Mas agora, nosso foco retoma para as últimas nove corridas desta temporada e em encaixar tudo no nosso desafio para o título deste ano”, concluiu o homem-forte da Mercedes na F1.

GEORGE RUSSELL; MERCEDES; FÓRMULA 1;
George Russell será o novo titular da Mercedes e fará dupla com Lewis Hamilton em 2022 (Foto: Steve Etherington/Mercedes)

Membro do programa de jovens pilotos da marca da estrela, Russell se tornou um nome recorrente nas manchetes devido às fortes atuações em classificação com a Williams, bem como com o desempenho apresentado com a própria Mercedes, quando teve a chance de substituir Hamilton no fim do ano passado. George conquistou a confiança do chefão Toto Wolff e, mesmo depois de um acidente controverso ainda no início do ano, soube se manter em evidência.

O britânico de 23 anos fez sua estreia na Fórmula 1 em 2019, depois da conquista do título da Fórmula 2 no ano anterior. George foi alçado à categoria máxima pelas mãos da Mercedes, que garantiu o posto de titular na Williams. A bordo do carro inglês, Russell enfrentou dificuldades com a performance errática do time, mas conseguiu em algumas ocasiões brilhar na disputa das posições de largada. Só que os primeiros pontos com a esquadra de Frank Williams vieram apenas neste ano, com a oitava colocação no GP da Hungria.

Mas o ponto alto do campeonato 2021 até agora foi, sem dúvida, a classificação do GP da Bélgica. Com a Williams, George voou para conquistar a segunda colocação no grid em uma sessão marcada pela chuva forte em Spa-Francorchamps. A performance foi recompensada com a soma da metade dos pontos, em razão do imbróglio da não-corrida belga, igualmente afetada pela tempestade que desabou sob o circuito das Ardenas. A pontuação, inclusive, praticamente deve assegurar à esquadra de Grove o oitavo lugar no Mundial de Construtores.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

GEORGE RUSSELL; WILLIAMS; GP DA ÁUSTRIA; RED BULL RING;
George Russell, 23, será o companheiro de equipe de Lewis Hamilton na F1 (Foto: Williams)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Só que Russell já havia entrado na zona de pontuação antes, ainda em 2020, quando pilotou no lugar de Hamilton e foi nono no GP de Sakhir – onde quase venceu, na verdade. A Mercedes cometeu um erro no pit-stop que custou a vitória, depois de uma exibição de gala. Aquela performance deixou uma enorme expectativa em cima do prodígio e ofuscou Valtteri Bottas, que passou a ter o posto na equipe ameaçado neste ano.

Mas a decisão da Mercedes não foi tão simples e se arrastou por meses, enquanto Valtteri já negociava com a Alfa Romeo, com quem fechou contrato para seguir na F1 a partir de 2022.

O inglês chega à Mercedes no lugar de Bottas, portanto. O finlandês foi preterido, apesar da forte campanha feita por Hamilton. O heptacampeão nunca escondeu a preferência pelo nórdico, mas deixou claro que apoiaria qualquer decisão da equipe. Valtteri entrou no time em 2017, substituindo Nico Rosberg – o alemão decidiu se aposentar logo após a conquista do título mundial. De lá para cá, quase nunca ofereceu resistência a Hamilton e optou por uma abordagem mais pacifica, sendo mais importante para o Mundial de Construtores.

LEWIS HAMILTON; GEORGE RUSSELL;
George Russell será companheiro de equipe de Lewis Hamilton na Mercedes (Foto: Kenzo Tribouillard/AFP)

Agora, a Mercedes início um novo capítulo na F1 com uma dupla britânica. De um lado, o experiente e vitorioso Hamilton e, de outro, o promissor Russell, de quem se espera muito, especialmente por conta das performances com a Williams nesses últimos anos.

Volte em instantes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar