Mercedes volta à pista com dia de filmagem para avaliar W12 nesta terça-feira no Bahrein

Depois de ter completado apenas 304 voltas nos testes de pré-temporada no circuito de Sakhir, no Bahrein, a Mercedes voltou à pista nesta terça-feira para um dia de filmagem com seu novo carro, o W12, que enfrentou problemas de câmbio e falta de equilíbrio durante o fim de semana

Como foi o terceiro e último da pré-temporada da F1 em Sakhir (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

A Mercedes colocou o W12 de volta à pista na manhã desta terça-feira (16) no circuito de Sakhir, no Bahrein. Depois de um dia de pausa após o término dos testes de pré-temporada, a escuderia heptacampeã do mundo promoveu um dia de filmagem para obter mais informações sobre o novo carro dez dias antes do fim de semana que vai abrir a temporada 2021, também no Bahrein.

Com Valtteri Bottas ao volante, em imagens divulgadas pela própria Mercedes nas redes sociais, a equipe acelerou novamente o W12. Como se trata de um dia de filmagem, a quilometragem é limitada a 100 km e, neste caso, cada time usa pneus de demonstração da Pirelli. O regulamento veta, durante os chamados dias de filmagem, o uso dos compostos desenvolvidos pela fornecedora oficial da Fórmula 1 para a temporada.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Tudo sobre o terceiro dia de pré-temporada da F1

A Mercedes, diferente da maioria das equipes do grid, não realizou nenhum shakedown antes dos testes de pré-temporada e só colocou o W12 na pista na manhã de sexta-feira no Bahrein. Logo na primeira volta, o novo modelo apresentou problemas no câmbio, o que limitou enormemente a quilometragem de Bottas, escalado para o primeiro período do primeiro dia de pré-temporada, tendo completado apenas seis voltas durante a manhã.

Além da falha no câmbio — que se fez presente também no novo carro da Aston Martin —, a Mercedes também apresentou grande falta de equilíbrio, reportada tanto por Bottas como também por Lewis Hamilton. Ao todo, o novo carro percorreu apenas 304 voltas. A Mercedes, de ‘campeã’ de quilometragem da pré-temporada nos últimos anos, foi a lanterna, enquanto AlphaTauri e Alfa Romeo foram as que mais andaram, com 422 giros cada.

LEWIS HAMILTON; PRÉ-TEMPORADA; MERCEDES; FÓRMULA 1; SAKHIR; MERCEDES;
A Mercedes enfrentou problemas de falta equilíbrio com o novo W12 nos testes da F1 em Sakhir (Foto: AFP)

Sem um shakedown prévio, a Mercedes foi para a pré-temporada conhecendo apenas as informações obtidas nas simulações no túnel de vento, mas sem nenhum dado de performance do novo carro na pista.

Em entrevista ao site oficial da Fórmula 1, Toto Wolff, chefe de equipe da Mercedes, minimizou o fato de a escuderia não ter feito nenhum quilômetro com o W12 antes da pré-temporada.

“Se tivéssemos feito um shakedown, e se esse shakedown tivesse sido feito em um lugar com condições adequadas, isso nos permitira entender algo mais. Nossos problemas nestes primeiros dias nada têm a ver com ter rodado previamente ou não”, explicou. Tanto Red Bull como Aston Martin fizeram um dia de filmagem no circuito em Silverstone, mas com a pista bastante molhada.

“A primeira coisa para a gente é entender as informações e ver onde fizemos um bom trabalho e onde não fizemos. Queremos ver onde tivemos boa correlação [com o túnel de vento] e onde não. Esta análise é como dormir à noite: no dia seguinte, isso vai te permitir levantar mais esperto”, concluiu o dirigente austríaco.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube