Red Bull define Andretti como “nome poderoso” para entrar na Fórmula 1

Chefe da equipe dos energéticos, Christian Horner apontou como positivo a entrada de novas escuderias, desde que atendam às exigências do Pacto de Concórdia

COMO O NÚMERO #1 PASSOU A SER USADO PELOS CAMPEÕES DA FÓRMULA 1?

Chefe da Red Bull, Christian Horner classificou a Andretti como um “nome poderoso” para entrar na Fórmula 1. O comandante da equipe dos energéticos acompanhou a linha de Toto Wolff, chefe da Mercedes, que defendeu que é preciso ter garantias de que o conglomerado americano vai atender todos os critérios exigidos pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), mas avaliou o interesse como positivo.

Em fevereiro, Michael Andretti, dono do grupo, entrou com um pedido à FIA para inscrever a equipe na F1 a partir da temporada 2024. A definição por parte da entidade máxima do esporte ainda não foi divulgada, mas a escuderia norte-americana garante que tem a estrutura necessária para estar no grid no futuro.

Caso a FIA autorize a entrada da equipe, será necessário que a Andretti pague a taxa de inscrição que custa US$ 200 milhões (cerca de R$ 998,9 milhões) e será distribuída entre as atuais dez escuderias do grid. Michael admitiu que a equipe não possui esse dinheiro disponível, mas que existem investidores por trás da possível entrada do time que estão dispostos a abrir os cofres.

Andretti está disposto a cumprir todas exigiências da FIA (Foto: Indycar)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Porém, o chefão da Mercedes reiterou que o pagamento da taxa de inscrição é apenas uma das ações que a Andretti deve fazer para entrar na Fórmula 1. “Andretti é um nome [significativo], com certeza, e o mercado americano é importante. Toda equipe que está se juntando precisa agregar valor. Não é apenas pagando uma taxa de inscrição de US$ 200 milhões, mas precisa demonstrar, na minha opinião, o que pode fazer por todas as outras equipes, pela Fórmula 1 e pela FIA. Só assim o esporte crescerá”, avaliou Wolff.

Assim como o austríaco, Horner também exaltou a importância do cumprimento dos critérios, como o Pacto de Concórdia, mas destacou que a entrada de um nome poderoso como da Andretti será importante para o maior crescimento da categoria. “É ótimo que haja o interesse de pessoas que querem entrar na Fórmula 1, e o nome Andretti é certamente um nome poderoso no automobilismo”, afirmou em entrevista ao site GPFans.

“Claro, eles não são os únicos que estão fazendo barulho sobre entrar. Mas há critérios claros no Pacto de Concórdia que precisam ser atendidos e aprovados. Então, tenho certeza de que eles estão envolvidos nesse processo”, completou.

CHRISTIAN HORNER; RED BULL; F1; FÓRMULA 1;
Christian Horner comentou sobre a possível entrada da Andretti (Foto: Mark Thompson/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Horner lembrou que o cumprimento do acordo é essencial para preservar a situação das dez equipes que formam o atual grid da F1. “Esse acordo existe para proteger os dez titulares e não para diluir isso. Então, isso precisaria ser cuidadosamente analisado”, concluiu.

Independentemente da opinião dos chefes de equipe, Andretti já está em ação nos bastidores para ser a 11ª equipe na categoria. Algumas negociações estão bem avançadas e, segundo o pai de Michael, Mario Andretti, a equipe já tem um acordo com a Renault para fornecimento de motores na F1.

Mas enquanto não é anunciada pela FIA a resposta sobre a entrada da equipe americana na categoria a partir de 2024, os chefes das escuderias estarão atentos aos testes de pré-temporada no Bahrein. As atividades no Circuito de Sakhir começam nesta quinta-feira (10), e a temporada 2022 tem início no próximo dia 20, também no no deserto bareinita.

LEIA TAMBÉM
+Uralkali promete processar Haas para recuperar quantia investida na equipe em 2022
+Mazepin cita surpresa com dispensa, mas descarta reaver vaga na Haas na justiça

HORA DA VERDADE: QUAIS PILOTOS PODEM VENCER CORRIDAS NA FÓRMULA 1 2022?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar