Reescrevendo a história: Hamilton alcança 92 vitórias, recorde cuja “ficha vai demorar a cair”

O maior vencedor de todos os tempos: Lewis Hamilton levou o GP de Portugal e, agora, é dono isolado da marca, com 92 triunfos na Fórmula 1

O maior de todos os tempos: Lewis Hamilton é, estatisticamente, sinônimo de tal frase para a Fórmula 1 desde este domingo (25), quando venceu o GP de Portugal e alcançou 92 vitórias na categoria. Assim, ele ultrapassou Michael Schumacher e detém o recorde de forma isolada.

A história existe para ser alterada e foi o que Hamilton fez: o recorde é dele, mesmo que o hexacampeão do mundo ainda demore a entender a dimensão do feito, como deixou claro à Sky Sports logo após receber a bandeirada com a mensagem sob o telão do circuito de Portimão: “novo recorde mundial”.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

#1, de líder no ranking de vitórias da história da categoria (Foto: AFP)

“Jamais poderia ter sonhado em estar onde estou hoje. Eu não tinha uma bola de cristal quando escolhi vir para a Mercedes e ser parceiro dessas grandes pessoas, mas aqui estou e o que posso dizer é que tento aproveitar cada dia”, disse Hamilton.

“A ficha vai demorar a cair. Forcei o carro até a linha de chegada, sigo ainda com a cabeça no modo corrida. Não consigo encontrar as palavras certas nesse momento”, continuou, ao lembrar do recorde.

Se ele não conseguiu, a Mercedes sim. Ainda no rádio, passou o recado: “Você está reescrevendo a história”. E Toto Wolff resumiu: Lewis, 92. 92!”

“É claro que eu jamais conseguiria isso sem você”, respondeu o piloto ao chefe. “Muito obrigado por continuar a acreditar em mim, por continuar a buscar a perfeição. É uma honra trabalhar com você.”

Lewis Hamilton, quem mais venceu na história da F1 (Foto: AFP)
A corrida em Portimão

Ainda deu tempo de mais um comentário sobre a corrida em si, na qual saiu na pole, perdeu a posição para Valtteri Bottas, depois para Carlos Sainz, mas recuperou e venceu.

“Foi um dia duro, foi sobre as temperaturas. Isso complicou a configuração do carro. Isso dificultou a largada. Eu até saí bem, mas na curva 7 o volante virou demais. Eu deveria ter tentado defender a investida de [Valtteri] Bottas, mas acreditei que poderia recuperar mais tarde, e consegui”, concluiu, Hamilton, enfim dono de 92 vitórias e do recorde.

Assista aqui ao BRIEFING pós-corrida do GP de Portugal na GPTV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube. A próxima etapa da temporada 2020 da Fórmula 1 acontece já no próximo domingo, o GP da Emília-Romanha, que marca o regresso de Ímola ao calendário depois de 14 anos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube