Williams mantém Chadwick como pilota de desenvolvimento para temporada 2021 da F1

Primeira campeã da W Series e confirmada no grid da Extreme E neste ano, Jamie Chadwick, de apenas 22 anos, vai seguir vinculada à Williams pelo terceiro ano seguido, sendo importante nos trabalhos de simulador para o desenvolvimento do carro da equipe de Grove na nova temporada da Fórmula 1

Jamie Chadwick vai seguir como pilota de desenvolvimento da Williams na temporada 2021 da Fórmula 1. Primeira campeã da W Series, categoria totalmente feminina, a britânica de 22 anos vai defender o título neste ano, uma vez que a competição vai voltar a ser disputada após ter o campeonato de 2020 cancelado em razão da pandemia. Chadwick, que no ano passado correu na Fórmula Regional Europeia como pilota da Prema, também vai fazer parte do grid da nova Extreme E, competição de SUVs elétricos, competindo pela Veloce Racing.

Segundo o comunicado emitido pela Williams na manhã desta segunda-feira (1), Chadwick vai “ampliar seu programa de simulador em Grove e vai estar totalmente imersa na equipe, tanto na pista em alguns GPs quanto na fábrica. A pilota de 22 anos também vai acompanhar a equipe em suas atividades de mídia e marketing durante a temporada”.

Jamie Chadwick segue na Williams como pilota de desenvolvimento (Foto: Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GRANDE PRÊMIO dá pontapé inicial para temporada 2021 com nova programação

Jamie comemorou a chance de permanecer vinculada a uma das mais tradicionais equipes do esporte a motor em todos os tempos.

“Adorei meu período com a Williams até agora e não poderia estar mais feliz em seguir trabalhando com a equipe na minha função de pilota de desenvolvimento. Sinto que estou melhorando como pilota o tempo todo, e meu período no simulador na próxima temporada vai ser inestimável. Estou ansioso para mergulhar totalmente na Williams mais uma vez neste ano”, disse.

Simon Roberts, chefe da equipe, destacou a presença de Jamie e o papel desempenhado ao longo de mais uma temporada. “Estamos muito satisfeitos que Jamie continue como pilota de desenvolvimento para a equipe. Ela não é somente uma grande embaixatriz feminina para o esporte e também desempenha um papel fundamental na promoção das mulheres no automobilismo. Seu trabalho no simulador e nos bastidores de Grove é extremamente valioso”.

“A determinação de Jamie e sua vontade de fazer mais, além de ultrapassar os limites, é algo que admiramos na Williams. Estamos todos ansiosos para o novo ano com Jamie sendo parte da equipe”, complementou.

Um dos fatores que tornam a temporada 2021 da W Series interessante é que a categoria vai correr em oito finais de semana compartilhados com a Fórmula 1, o que vai ajudar Chadwick a competir e acompanhar a Williams em cerca de um terço do calendário.

A programação original compreende a abertura do campeonato em 26 de junho no circuito de Paul Ricard, na França. O encerramento da temporada 2021 da categoria feminina está marcado para 30 de outubro com a etapa da Cidade do México, no autódromo Hermanos Rodríguez.

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube