Giovinazzi destaca dia “meio positivo, meio negativo” no México e lamenta abandono

Antonio Giovinazzi destacou positividade por rendimento superior em comparação à primeira etapa, em Diriyah, mas lamentou furo no pneu que forçou abandono na Cidade do México

‘I’M BACK’: HAMILTON REAPARECE. O QUE ESPERAR DELE NA FÓRMULA 1 2022?

O ano de estreia de Antonio Giovinazzi na Fórmula E não vem sendo fácil. Após admitir que teve um dos finais de semana “mais difíceis da carreira” em Diriyah, o italiano abandonou a corrida na Cidade do México, no último sábado (21), após ter um furo no pneu — quando chegou a andar à frente do companheiro de equipe na Dragon, Sérgio Sette Câmara. Assim, terminou na 21ª posição e lamentou mais um dia complicado em seu ano de adaptação na FE após deixar a Fórmula 1.

“Digamos que foi um dia meio positivo, meio negativo. Positivo porque melhorei em relação ao nosso desempenho na Arábia Saudita” disse Giovinazzi, que não conseguiu sair da última posição em Diriyah. “A corrida foi boa, infelizmente tivemos um problema, um furo no pneu dianteiro. Agora temos muito tempo antes de Roma, para aprender, estudar mais, e tentar um resultado melhor”, concluiu.

Antonio Giovinazzi lamentou furo em pneu que levou a abandono na Cidade do México (Foto: FIA Fórmula E)

Com dificuldades de adaptação desde a pré-temporada, Giovinazzi ainda busca a melhor adaptação à Fórmula E, que possui conjuntos e regras bastante distintos à Fórmula 1. Em três corridas na categoria de monopostos elétricos, o italiano ainda não passou do 20º lugar nas duas provas disputadas em Diriyah e precisou abandonar na Cidade do México.

Vice-campeão da GP2 em 2016, Giovinazzi estreou na Fórmula 1 logo no ano seguinte ao disputar as duas primeiras etapas do ano pela Sauber: um 12º lugar na Austrália e um abandono na China. No entanto, não retornou para disputar o restante da temporada e passou a ser piloto de testes da Haas no mesmo ano.

Giovinazzi deixou a F1 no final do ano passado e ainda busca se adaptar totalmente à pilotagem da Fórmula E (Foto: FIA Fórmula E)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em 2018, Antonio se mudou à Alfa Romeo, em movimento que se provaria crucial na carreira. Seguiu como piloto de testes da equipe ao longo do ano, mas foi promovido a titular em 2019 e seguiu no posto até 2021, quando foi substituído pelo estreante chinês Guanyu Zhou. Agora, Giovinazzi tenta dar um novo passo na carreira ao assinar com a Dragon para disputar a Fórmula E.

A categoria elétrica, por sua vez, passará por um hiato em março e só voltará no mês seguinte, com o eP de Roma previsto para os dias 9 e 10 de abril.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar