Di Grassi lamenta 9º e 8º lugares em Diriyah, mas afirma que “carro mostrou potencial”

O brasileiro afirmou que os resultados não foram os melhores, mas destacou que ainda tem muito chão pela frente até o final do campeonato

Lucas Di Grassi deixou a primeira etapa da Fórmula E em Diriyah com gosto de quero mais. O brasileiro afirmou que não teve os melhores resultados na rodada dupla na Arábia Saudita, mas apontou ser apenas o início do calendário, mirando as próximas provas.

O competidor da Audi teve início de temporada 2021 abaixo do esperado. Nas duas corridas deste final de semana, conseguiu uma nona e oitava colocações, somando apenas seis pontos e aparecendo na 14ª colocação da classificação. Restam cinco etapas e seis corridas – a final, no Chile, também é rodada dupla.

Ao avaliar a passagem pela cidade saudita, o campeão do terceiro campeonato da FE afirmou que “este não foi o final de semana ideal em termos de resultado, com o 9º na corrida 1 e o 8º na corrida 2 que obtivemos nesta sexta e sábado.”

Di Grassi ficou fora do top-5 nas duas corridas em Diriyah (Foto: Fórmula E)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Mas mesmo assim, o carro mostrou que tem potencial se trabalharmos nele. E nós vamos partir pra cima na próxima corrida. Estas duas provas foram apenas o começo e ainda há muita coisa para acontecer no campeonato”, emendou.

“Estou feliz por voltar a competir e bastante ansioso para ver nosso trabalho dando resultados neste ano”, completou o piloto de 36 anos.

Mas Di Grassi ainda achou motivos para comemorar da passagem pela Arábia Saudita. Após o assustador acidente protagonizado por Alex Lynn no final da corrida 2, em que Mitch Evans chegou a comparar a uma queda do avião, o brasileiro disse que “fiquei aliviado com este informe preliminar de que o Alex está bem. Isso é o mais importante”.

A próxima etapa da temporada 2021 da Fórmula E acontece em Roma, na Itália, em 10 de abril.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube