Indy

Alonso se despede da F1 com cabeça já nas 500 Milhas de Indianápolis: “Quero voltar a viver essa mágica”

Fernando Alonso disputa neste final de semana sua última corrida na F1, em Abu Dhabi — tirando a pequena possibilidade, não descartada, de que retorne em 2020 ou no futuro. Por enquanto, ao menos, ele prefere colocar a cabeça já no objetivo central do ano que vem: as 500 Milhas de Indianápolis
Warm Up / FELIPE NORONHA, de São Paulo
 Fernando Alonso (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

Neste sábado (24), Fernando Alonso entra na pista de Abu Dhabi para seu último treino de classificação em 17 anos de carreira na F1. No domingo, disputa sua derradeira corrida. Mas se terá que falar em despedidas durante todo o final de semana, a cabeça já está em algo além — do outro lado do mundo.

O asturiano já pensa em voltar aos Estados Unidos, onde disputa as 500 Milhas de Indianápolis em 2019. Com a empreitada confirmada em conjunto com a McLaren desde o GP do Brasil, em Interlagos, quando o anúncio foi feito, Alonso não esconde: está focado na conquista que falta para a Tríplica Coroa do automobilismo.

Com amor declarado pela Indy, Alonso já sabe o que quer. E deixou isso claro na entrevista pós-anúncio, acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO.

"A verdade é que é um dia feliz. Quero viver essa corrida de novo", disse. "E depois de vencer Le Mans este ano vou com mais motivos, já que agora tenho duas das três partes da Tríplice Coroa", completou.
Fernando Alonso (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
E já que a McLaren tem "vontade mútua" de ganhar a Indy 500 junto a Alonso, como deixou claro Zak Brown em entrevista exclusiva ao GP, o espanhol já conta com uma preparação melhor para a principal prova de seu 2019.

"Vou fazer o maior número de testes o possível em Indianápolis, fazer muito teste no simulador e ter com a McLaren uma equipe dedicada às 500 Milhas. Em 2017 tivemos uma união entre McLaren e Andretti , então todo o pessoal era novo, agora teremos uma equipe focada nisso por todos esses meses pré-corrida", explicou.

"Vou com a experiência que consegui em 2017, o que aprendi no dia da corrida, como são as 200 voltas, a calma que precisa ter durante todo o final de semana. E vou com mais preparação, porque da última vez fui com apenas seis semanas de preparação, com um pouco de pressa, com poucas provas, poucos testes, e espero que ano que vem, com uma agenda mais ampla, possa me preparar melhor", finalizou o bicampeão mundial de F1.
Fernando Alonso (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Alonso estará na pista dia 26 de maio de 2019 para sua nova tentativa de fechar a Tríplice Coroa. A McLaren segue "escondendo o jogo" e mantém mistérios vivos, ao estilo do piloto, sobre o planejamento completo para a Indy 500. 

Por enquanto, Alonso dá apenas uma certeza: "Quero voltar a viver essa mágica das 500 Milhas de Indianápolis."