Ilott confirma negociação para 2022, mas revela: Juncos conta com “20 interessados”

Callum Ilott confirma interesse da Juncos em mantê-lo para 2022. O britânico indica negociações em andamento, mas revela que a concorrência é pesada

Câmera 360 no carro de Hamilton mostra como Verstappen o acertou em acidente (Vídeo: F1)

Callum Ilott, que teve a primeira experiência na Indy no último fim de semana em Portland, vê como possibilidade a continuidade na categoria ao lado da Juncos em 2022. Garantido nas duas etapas restantes deste ano, o jovem piloto diz que já se trata internamente de uma renovação, apesar de uma concorrência pesada.

“Estamos em discussões, mas com certeza é de interesse”, disse ele, quando questionado pelo site Motosport.com sobre seu futuro pós-2021 na Juncos. “Eles têm mais de 20 pilotos interessados ​neste momento. Mas eu sou o único aqui e que está guiando o carro, então é um bom sinal para poder continuar, mas preciso ver o que ainda posso fazer”, acrescentou.

A Indy se torna ainda mais atraente em um momento de incerteza para Ilott. O britânico é reserva da Alfa Romeo e já fez um bom trabalho na Fórmula 2, perdendo o título por pouco para Mick Schumacher, hoje na Haas. Callum até tenta chegar à Fórmula 1 em 2022, mas enfrenta concorrência pesada: Nyck de Vries, Guanyu Zhou e, claro, Antonio Giovinazzi são nomes fortes pela última vaga disponível na Alfa Romeo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Calum Ilott fez sua estreia na Indy em Portland (Foto: Matt Fraver)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

No entanto, o britânico reitera que a relação com a Ferrari ainda é muito positiva. Com Robert Kubica cobrindo a ausência de Kimi Räikkönen por ter testado positivo para a Covid-19, o britânico explica que já não estava nos planos ser o substituto imediato.

“Teve um caso de Covid-19 na Alfa Romeo, mas eu já não estava programado para cobrir essas corridas de qualquer maneira. Fiquei com esses dois fins de semana livres e, infelizmente, não tive a oportunidade de guiar o carro de Kimi”, explicou Ilott.

“Mas a Ferrari não estava contra mim. Só precisávamos discutir as próximas duas corridas e ver qual era a melhor opção, e parece que era para eu estar aqui [na Indy] e fazer as últimas corridas [Laguna Seca e Long Beach]. A negociação demorou um pouco, mas vou aproveitar”, concluiu. 

Embora a estreia no GP de Portland tenha sido bastante desafiadora — Ilott se envolveu em um acidente com os veteranos Helio Castroneves e Will Power e enfrentou problemas mecânicos durante toda a prova, abandonando —, o piloto vê que a Juncos pode ser mais competitiva ainda em 2021. A prova disso será neste fim de semana, em Laguna Seca, entre os dias 17 e 19 de setembro.

COMO VERSTAPPEN ADOTA POSIÇÃO PERIGOSA CONTRA HAMILTON E A SI NA LUTA PELO TÍTULO DA F1 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar