DRR anuncia retorno de Hunter-Reay e chegada de Daly para Indy 500 2024

Ryan Hunter-Reay e Conor Daly formarão a dupla de pilotos da Dreyer & Reinbold para a edição 2024 das 500 Milhas de Indianápolis. Time volta a inscrevr dois carros na principal corrida do campeonato

A Dreyer & Reinbold Racing já sabe quais pilotos vai ter na edição 2024 das 500 Milhas de Indianápolis. O time, que fará mais uma vez parceria com a Cusick Motorsports confirmou, nesta quinta-feira (1) que terá os veteranos americanos Ryan Hunter-Reay (vencedor em 2014) e Conor Daly como representantes da equipe no Brickyard em maio.

Hunter-Reay disputará a Indy 500 pela 16ª vez, e será a segunda pela Dreyer & Reinbold. O veterano fechou uma participação com o time em 2023, depois de não ter aparecido no Brickyard após a saída da Andretti, ao fim de 2022. Na ocasião, fechou em um elogiado 11º lugar, que colaborou para que Ryan fechasse com a Carpenter semanas depois, por onde guiou pelo resto da temporada.

“Gostei muito de ir à pista todos os dias e trabalhar com esse grupo e do sentimento constante de entusiasmo em toda a garagem. Fomos competitivos o tempo todo e fizemos um grande esforço no dia da corrida. Eu estava ansioso para voltar com eles em 2024 e sentirei falta de Stef lá, mas mandei uma mensagem para Conor e vamos trabalhar para tornar este time o mais forte possível”, comentou Hunter-Reay.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Conor Daly vai correr pela DRR (Foto: Indycar)

Curiosamente, Hunter-Reay finalizou 2023 no lugar de Daly. Conor guiou as últimas quatro edições da Indy 500 pela Carpenter, e foi promovido ao posto de piloto de temporada completa em 2022, mas o mau desempenho fez a equipe demiti-lo após o GP de Detroit. Após isso, guiou por Meyer Shank e RLL, em ambas oportunidades como substituto.

“Don [Cusick] vai assumir um papel em ambos os carros, diferente de um carro com Stefan no ano passado e vamos todos trabalhar juntos para tentar gerar a quantidade adequada de patrocínio para aplicar aos dois carros. Este é um ótimo grupo para correr e não poderíamos pedir dois pilotos melhores do que Ryan e Conor”, declarou o dono da equipe, Dennis Reinbold.

Também será a primeira vez que a Cusick Motorsports não terá Stefan Wilson. O piloto britânico representou a equipe em 2022 e era esperado para ser o representante em 2023, antes de sofrer um acidente logo no primeiro treino após a classificação da Indy 500. Com fratura na vértebra, foi substituído por Graham Rahal na corrida. A Cusick ainda mantém os pilotos nos planos.

A temporada da Indy tem início no dia 10 de março com o GP de St. Pete, na Flórida. Já a 108ª edição das 500 Milhas de Indianápolis está agendada para o dia 26 de maio.

🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Indy direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra, Escanteio SP e Teleguiado.