Kaiser bate forte, decola e destrói único carro da Juncos no início da Fast Friday das 500 Milhas de Indianápolis

Kyle Kaiser pode ter acabado com sua participação na Indy 500. O americano bateu forte na curva 3, decolou e ficou com o carro completamente destruído. A Juncos, sem dinheiro, não tem outro chassi e sofre com peças de reposição

Kyle Kaiser sofreu o primeiro acidente da Fast Friday. Nesta sexta-feira (17), o americano rodou e bateu forte na curva 3, decolou e voltou com tudo ao solo de cabeça para baixo, destruindo completamente o carro da Juncos. Pela situação financeira do time, pode ter sido o fim da Indy 500 para Kaiser. A batida ainda deu uma boa danificada no asfalto do IMS.
 
O acidente aconteceu no final da primeira hora da quarta sessão de treino livre, com o #32 assustando de forma parecida com que aconteceu com Pato O'Ward dois dias atrás. A grande diferença é que não há chassi reserva e a Juncos tem poucas peças de reposição, sem qualquer patrocínio no carro.

O que aumenta o drama do time que dificilmente vai conseguir botar o carro inteiro na primeira fase do Bump Day, neste sábado, é que Kaiser estava bem rápido. Em todas as sessões o americano foi uma surpresa, tornando a Juncos a potencial melhor história da edição 2019 da Indy 500.

"Estou bem, felizmente a tecnologia é bem avançada e não aconteceu nada comigo. Estou feliz em estar aqui conversando com vocês, a batida foi bem forte, mas os carros são muito seguros. É claro que não foi o que a gente queria para antes da classificação, mas vamos ver as opções que temos para voltar", disse Kyle à 'NBC'.

Poucas horas depois, a Juncos começou a trabalhar em um novo carro, tentando transformar o que foi usado em Austin em um bólido de oval. Além disso, recebeu auxílio de algumas outras equipes, que ofereceram peças.

 
Além de O'Ward, Fernando Alonso e Felix Rosenqvist também já tiveram pancadas de respeito nos treinos livres, mas todos já conseguiram contornar os problemas com suas equipes. Para a Juncos, o trabalho deve ser bem maior.
Acidente de Kyle Kaiser na Fast Friday (Foto: Reprodução)

 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar