Argentina fecha acordo com MotoGP e permanece no calendário até temporada 2025

Apesar de ausente do calendário da MotoGP nos últimos dois anos, o circuito de Termas de Río Hondo vai continuar recebendo o GP da Argentina por mais algumas temporadas

A Dorna, empresa que organiza o Mundial de Motovelocidade, anunciou que o GP da Argentina vai continuar no calendário por mais alguns anos, até pelo menos 2025. A prova, disputada no circuito de Termas de Río Hondo, não esteve presente no campeonato da MotoGP nas últimas temporadas, por conta da pandemia de Covid-19.

O circuito argentino estreou no Mundial em 2014 e foi presença constante no calendário da MotoGP até 2019. Em 2020, por conta da pandemia do novo coronavírus, a categoria decidiu cancelar a viagem que faria para a América do Sul, assim como outras várias etapas previstas inicialmente.

Neste ano, o cenário se repetiu e Termas de Río Hondo novamente não recebeu motos na pista. No meio do caminho, um incêndio destruiu boa parte do paddock e dos boxes.

A Argentina não recebe a MotoGP desde 2019 (Foto: Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Apesar das mudanças e da ausência de corridas nos últimos anos, o diretor Orlando Terranova está feliz com a manutenção da prova no calendário do Mundial de Motovelocidade.

“Estamos felizes e satisfeitos pela renovação do acordo com a Dorna para continuarmos organizando o GP da Argentina, algo que é feito desde 2014. A MotoGP é um evento que nos permite mostrar nossa capacidade para todo o mundo e ser um ponto de referência em um esporte de elite”, disse Terranova.

“Termas de Río Honda vai nos receber melhor do que nunca. O circuito estará perfeito e ainda mais moderno. Continuamos avançando para sermos referência neste canto do mundo”, seguiu.

Carmelo Ezpeleta, chefe da Dorna, também comentou a novidade. “O contrato de três anos para o GP da Argentina é uma notícia fantástica para a MotoGP, mostrando mais uma vez o incrível nível de interesse pelo esporte em todo o mundo”, afirmou.

MotoGP volta às pistas no próximo dia 3 de outubro para o GP das Américas, em Austin, no Texas. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

VEJA TAMBÉM
Como fica o grid da MotoGP para a temporada 2022?
Marc Márquez atende chamado de mãe e surpreende fã mirim em Misano
Bagnaia corta 5 pontos da vantagem de Quartararo na MotoGP. Veja classificação
Bagnaia vai da explosão à sobrevivência e gabarita de novo na pós-graduação da MotoGP
Quartararo mantém alto nível e se permite queimar gordura na reta final da MotoGP 2021
Bastianini brilha em Misano e mostra que Ducati tem mais um diamante nas mãos na MotoGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar