Binder põe KTM na frente em segundo treino apertado em Emília-Romanha. Dovizioso é 18º

O sul-africano quebrou o domínio da Yamaha em Misano e assegurou a liderança em um treino onde o top-5 acabou separado por só 0s071. O líder do Mundial foi 1s064 mais lento que Binder

Brad Binder colocou um ponto final no domínio da Yamaha em Misano. Depois de comandar todas as sessões desde a semana passada, a casa de Iwata testemunhou o crescimento da concorrência, e o sul-africano não deixou passar a boa forma da RC16.

Na melhor de suas 21 voltas, Binder cravou 1min31s628 e tomou a liderança de Takaaki Nakagami por só 0s002. Líder da manhã, Fabio Quartararo ficou como terceiro tempo, apenas mais 0s014 atrás. Maverick Viñales aparece na sequência, com Pol Espargaró cobrindo um top-5 separado por 0s071.

Brad Binder (Foto: KTM)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Insatisfeito com a performance em 2020, Danilo Petrucci teve uma boa tarde em Misano e acabou em sexto, seguido por Miguel Oliveira. Johann Zarco sofreu uma queda, mas fez o oitavo tempo, com Joan Mir e Francesco Bagnaia fechando o rol dos dez mais rápidos.

0s635 atrás do líder, Valentino Rossi ficou com a 12ª colocação, enquanto Franco Morbidelli foi apenas o 14º. Líder do Mundial, Andrea Dovizioso fez a melhor de suas 21 voltas em1 min32s692 e acabou em 18º, 1s064 atrás de Brad.

Substituto do machucado Marc Márquez na Honda, Stefan Bradl se retirou do GP da Emília-Romanha por conta de uma lesão no braço. O alemão passou por uma cirurgia esta semana, mas não sentiu-se seguro para guiar a RC213V.

Saiba como foi o TL2 do GP de Emilia-Romanha e da Riviera de Rimini de MotoGP:

Assim como aconteceu mais cedo, o sol seguiu iluminando a província de Rimini. Na hora do segundo treino livre da MotoGP, a temperatura estava em 28°C, com o asfalto chegando a 42°C. A velocidade do vento era de 8 km/h.

Quartararo abriu a sessão vespertina no topo da tabela, mas logo perdeu o comando para Rossi, que anotou 1min33s128. Morbidelli também melhorou e se colocou em segundo, mas foi superado na sequência por três pilotos: Binder, Pol Espargaró e Nakagami.

Ainda nos primeiros minutos da sessão, o caçula dos Espargaró caiu na curva 13 e precisou voltar de carona para os boxes da KTM.

Enquanto isso, Quartararo chegou em 1min32s449 e assumiu a liderança, 0s048 melhor que Oliveira. Bagnaia avançou para terceiro, seguido por Nakagami, Iker Lecuona e Mir.

Fabio logo baixou o tempo de volta para 1min32s273 para se manter no comando, 0s099 à frente de Nakagami, que agora ocupava o segundo lugar. Oliveira era o terceiro, com Miller, Lecuona, Morbidelli e Bagnaia formando um top-7 onde todos tinham um pneu duro na dianteira e um médio na traseira.

Logo depois foi a vez de Bagnaia melhorar. Vindo de um pódio no GP de San Marino, o italiano saltou para o quarto posto e, no giro seguinte, avançou para o comando da atividade ao cravar 1min32s138, 0s135 mais rápido que Quartararo.

Mais atrás, Morbidelli acelerou para 1min32s490 e tinha a sexta marca, só 0s352 atrás do colega da Academia VR46. Miller era o sétimo, seguido por Lecuona, Dovizioso e Binder.

Na hora da segunda rodada de pit-stops da sessão, Bagnaia seguia confortável na ponta, com Quartararo, Mir, Nakagami e Oliveira formando um rodízio de marcas no top-5.

A dupla de fábrica da Yamaha não estava lá muito chamativa nesta tarde. Viñales tinha o 13º tempo, 0s729 atrás do líder, enquanto Rossi aparecia em 17º, 0s914 mais lento que o pupilo Bagnaia.

De volta à pista e com um pneu macio na traseira da RC16, Pol Espargaró anotou 1min32s023 e destronou Pecco por 0s115. O catalão emendou outra boa volta na sequência e entrou na casa de 1min32s, abrindo 0s439 de margem para o piloto da Pramac.

O bom giro, porém, não foi o suficiente para manter o irmão de Aleix na ponta da tabela. Nakagami, também com o pneu traseiro macio, roubou a liderança com um giro 0s069 melhor.

Na 19ª volta nesta manhã, Álex Márquez registrou 1min32s385 e pulou para a sétima colocação, 0s755 atrás do líder. Em seguida, Jack Miller e Oliveira também foram mais rápidos, passando o piloto da Honda.

Com pouco menos de três minutos para o fim, Binder passou em 1min31s628 e assumiu a liderança, apenas ligeiramente melhor que Nakagami. Pol caiu para terceiro, à frente de Viñales, Mir, Bagnaia e Rossi.

Quartararo apertou o passo e subiu para a terceira colocação. Mais atrás, Johann Zarco, que tinha caído pouco antes na curva 2, melhorou para o oitavo posto. Já com o cronômetro zerado, Viñales avançou para o quarto lugar.

LEIA TAMBÉM
Francis Bradfield, o homem que protesta contra o racismo sozinho na MotoGP
Rossi confirma conversa com Ducati por vaga para Marini na MotoGP com Avintia em 2021
Na Garagem: Cadalora vence com folga na estreia de Jacarepaguá nas 500cc

MotoGP 2020, GP da Emília-Romanha, Misano, treino livre 2

1B BINDERKTM1:31.628 
2T NAKAGAMILCR Honda1:31.630+0.002
3F QUARTARAROSRT Yamaha1:31.644+0.016
4M VIÑALESYamaha1:31.669+0.041
5P ESPARGARÓKTM1:31.699+0.071
6D PETRUCCIDucati1:31.973+0.345
7M OLIVEIRATech3 KTM1:32.032+0.404
8J ZARCOAvintia Ducati1:32.072+0.444
9J MIRSuzuki1:32.126+0.498
10F BAGNAIAPramac Ducati1:32.138+0.510
11I LECUONATech3 KTM1:32.238+0.610
12V ROSSIYamaha1:32.263+0.635
13J MILLERPramac Ducati1:32.279+0.651
14F MORBIDELLISRT Yamaha1:32.307+0.679
15A ESPARGARÓAprilia Gresini1:32.339+0.711
16A MÁRQUEZHonda1:32.369+0.741
17A RINSSuzuki1:32.407+0.779
18A DOVIZIOSODucati1:32.692+1.158
19T RABATAvintia Ducati1:32.788+1.160
20B SMITHAprilia Gresini1:32.916+1.288

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube