Chefe fala em deixar Lorenzo confortável, mas descarta mudar Honda “se Marc está vencendo”

Chefe da Honda, Alberto Puig afirmou que uma mudança radical na RC213V está descartada, especialmente por conta das vitórias de Marc Márquez. Dirigente ressaltou que a marca da asa dourada trabalha para deixar Jorge Lorenzo mais confortável

A Honda não desistiu de deixar Jorge Lorenzo confortável, mas não quer saber de mudanças radicais na RC213V. Na visão de Alberto Puig, chefe do time, a performance de Marc Márquez é um atestado da qualidade do protótipo 1000cc.
 
Enquanto Márquez lidera o Mundial, Lorenzo ocupa apenas a 14ª colocação no Mundial, com só 19 pontos, 96 a menos que o companheiro de Honda.
Alberto Puig não quer saber de mudar a RC213V (Foto: Repsol)
Falando à imprensa às vésperas do GP da Catalunha, Puig afirmou que a marca da asa dourada segue tentando deixar Jorge confortável, mas descarou fazer grandes mudanças no protótipo laranja. 
 
“Com Jorge, nós tentamos e estamos tentando deixá-lo mais confortável na moto. A razão da viagem dele ao Japão foi 99% esta: tentar deixá-lo mais confortável”, disse Puig. “No fim, o que está acontecendo é o que aconteceu nos anos recentes. Marc está liderando. A surpresa são os resultados de Jorge, mas ele não esconde ou arranja desculpas”, seguiu.
 
“A base da moto não é tão ruim, porque ela vence o campeonato quase todos os anos. O fato de Jorge não estar se adaptando à moto não significa que ela seja ruim”, ponderou. “O que nós não podemos fazer é mudar a moto só por que um piloto não se adapta a ela, especialmente se Marc está vencendo”, comentou.
 
Depois da viagem ao Japão, Lorenzo já confirmou que algumas das peças testadas serão incorporadas à RC213V já neste fim de semana, enquanto que uma outra atualização “do lado da ergonomia” será aplicada em Assen. 
 

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar