Governo australiano amplia restrições para viagens e ameaça etapa da MotoGP em 2021

A pandemia de Covid-19 pode fazer mais uma vítima no calendário da MotoGP. A etapa da Austrália, disputada em Phillip Island, pode não ocorrer pelo segundo ano seguido após a imposição de novas medidas restritivas pelo governo local

França dominou o primeiro dia de treinos em Le Mans Vídeo: MotoGP)

A pandemia de Covid-19 pode atrapalhar os planos da MotoGP mais uma vez em 2021. Depois de cancelar o GP da Finlândia, mudar as datas das etapas de Argentina e Estados Unidos, agora é o GP da Austrália que corre o risco de ficar fora do cronograma nesta temporada.

Marcada inicialmente para o dia 24 de outubro, a corrida em Phillip Island está ameaçada por conta de restritivas medidas sanitárias impostas pelo governo australiano, que não pretende reabrir as fronteiras até 2022.

Isso significa que nenhuma viagem será permitida, seja entrada ou saída do país, exceto em casos especiais que serão examinados individualmente. Para aqueles que hoje chegam na Austrália, uma quarentena obrigatória de 14 dias é necessária, mesmo se a pessoa já estiver vacinada.

GP da Austrália está mais uma vez ameaçado pela Covid-19 (Foto: Repsol)

LEIA MAIS
⇝ Sorte sorri para Miller, que apazigua críticos e sai protagonista do GP do Espanha
⇝ Falta de segurança irrita pilotos e coloca futuro da MotoGP em Jerez em xeque
⇝ Red Bull Rookies Cup: a categoria de base de ouro do Mundial de Motovelocidade
⇝ Pol Espargaró escancara frustração após quatro GPs e se mostra perdido na Honda
⇝ Ducati consegue raro desempenho em Jerez e se permite sonhar com título em 2021
⇝ Lado a lado: as vitórias de Jack Miller na classe rainha do Mundial de Motovelocidade
⇝ Azar desprestigia Morbidelli em 2021. Mas Yamaha tem obrigação de corrigir futuro
⇝ KTM sofre com novos pneus e desmancha evolução obtida em 2020 após quatro etapas

Em 2020, também por conta da Covid-19, o GP da Austrália foi uma das 12 etapas canceladas do Mundial de Motovelocidade. De acordo com o site GPOne, no entanto, uma decisão sobre a corrida de 2021 deve ser tomada até julho.

A publicação ainda afirma que o GP do Japão, em Motegi, também está ameaçado. Por problemas para organizar a Olimpíada no país, os japoneses ampliaram o estado de emergência até o fim de maio, mas podem renovar caso seja necessário. Com isso, aumentam as chances de Malásia e Tailândia serem as únicas etapas asiáticas neste ano. A saída de Japão ou Austrália pode abrir espaço, no entanto, para a volta da corrida de Austin, nos Estados Unidos, que já possui uma vacinação em massa avançada e reabertura da economia local.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar