Honda confirma expectativa, renova contrato por “vários anos” e mantém Nakagami na LCR

Japonês, que foi um dos destaques da marca da asa dourada na ausência de Marc Márquez em 2020, seguirá defendendo as cores da satélite LCR na MotoGP

A Honda bateu o martelo e confirmou a renovação do contrato de Takaaki Nakagami “por vários anos”. Assim, piloto japonês seguirá defendendo as cores da satélite LCR, como faz desde 2018, ano em que estreou na MotoGP.

A renovação de Nakagami não chega como surpresa, especialmente depois de a fábrica da asa dourada ter dispensado Cal Crutchlow para acomodar Álex Márquez no time de Lucio Cecchinello em 2021. O segundo colocado nos GPs da França e de Aragão foi rebaixado do time de fábrica antes mesmo do início da temporada e será substituído por Pol Espargaró no próximo ano.

Takaaki Nakagami vai seguir com a Honda na MotoGP (Foto: Red Bull Content Pool)

LEIA TAMBÉM
Da rejeição ao conto de fadas: Álex Márquez cala críticos e mostra a que veio na MotoGP
FIM precisa de penas mais duras se quiser recuperar controle dos pilotos da Moto3
Morreu e foi substituída? Como Yamaha perde desempenho fácil e fracassa em Aragão
+ Contágio de Rossi e mais casos de Covid-19: como alerta vermelho já soa na MotoGP

Em 2020, na ausência do lesionado Marc Márquez, Nakagami foi protagonista da Honda nas primeiras corridas do calendário. Atualmente, o piloto de Chiba tem o quinto posto na classificação do Mundial, só 29 pontos atrás do líder Joan Mir. Com uma RC213V do ano passado, porém, Takaaki ainda busca o primeiro pódio na classe rainha.

“Estou muito feliz por poder continuar correndo com a LCR Honda em 2021 e além”, comemorou Nakagami. “Sou grato à Honda pelo generoso apoio, o que me permitiu extrair meu potencial total nesta temporada. Vou fazer o meu melhor para conquistar resultados sólidos no restante das corridas e carregar este bom momento para o próximo ano”, seguiu.

“Estou mirando alto com a Honda. E ansioso por seu contínuo apoio”, completou.

O anúncio da Honda, além de não detalhar a duração do novo acordo, tampouco menciona qual moto será utilizada por Nakagami em 2021.

“Estou muito satisfeito por podermos continuar batalhando com Takaaki Nakagami na MotoGP a partir da próxima temporada”, disse Tetsuhiro Kuwata, diretor-geral da HRC. “Estou verdadeiramente grato aos fãs e a Idemitsu, que apoiaram a carreira dele até aqui”, continuou.

“Nesta temporada, a performance de Nakagami foi sólida, terminando todas as corridas na zona de pontuação, e ele está atualmente em quinto. A presença dele na MotoGP é crescente, e estamos ansiosos para ver a performance dele no restante das corridas”, completou.

Com o anúncio de Nakagami, restam apenas duas vagas no grid: uma na Aprilia, que aguarda a decisão da Corte Arbitral do Esporte no caso de doping de Andrea Iannone, e outra na Avintia, que ainda não confirmou o substituto de Johann Zarco, que vai partir para a Pramac em 2021.

A posição no time de Raúl Romero, porém, deve ficar com Enea Bastianini, que já confirmou que assinou com a Ducati para o próximo ano. Além disso, segue incerta a situação de Tito Rabat, já que o espanhol tem a posição ameaçada por Luca Marini, hoje terceiro colocado na classificação da Moto2.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube