Lorenzo revela que “acidente estúpido” causou queda que resultou em fratura na mão esquerda

Jorge Lorenzo enfim explicou como aconteceu a queda que resultou na fratura de sua mão esquerda. Durante o lançamento da moto de 2019 da Honda, o espanhol contou que acabou cindo durante um treino, um acidente que chamou de estúpido

Jorge Lorenzo aproveitou para explicar como fraturou sua mão esquerda. Nesta quarta-feira (23), durante o lançamento da moto de 2019 da Honda, o espanhol categorizou o acidente que sofreu como ‘muito estúpido’.
 
No final de semana, o tricampeão acabou se acidentando, o que resultou na fratura de seu osso escafoide da mão esquerda. Nesta semana, passou por uma cirurgia em Barcelona para tratar da lesão.
 
No evento, então, Lorenzo explicou como acabou se machucando. “Era meu primeiro dia pilotando a moto, no chão de terra em alguma pista italiana. Um erro que cometi foi não checar o traçado. Em algumas áreas havia muita lama, isso foi difícil de ver. A superfície parecia perfeita e seca, mas era lama”, disse.

“Quando cheguei nessa área, o pneu dianteiro travou e foi um acidente estúpido. Infelizmente meu pulso não estava completamente curado do acidente na Tailândia, então não tinha mobilidade perfeita, e isso com certeza afetou a pressão com o escafoide, e aí o osso quebrou”, continuou.

Lorenzo e Márquez (Foto: Reprodução)

O espanhol ainda afirmou que a situação não é ideal, mas que o principal foco é sua recuperação total. “Claro que a solução perfeita seria ser capaz de pilotar e testar em Sepang. Mas entendendo a situação e a falta de dias até lá, decidimos esperar 34 dias até o teste no Catar”.
 

“Não acho que estarei 100%, provavelmente estarei uns 80%, e uns 90% no Catar. Claro que não esperava o acidente, foi uma droga, pois foi muita falta de sorte, mas agora temos essa situação. Temos que trabalhar o melhor possível com a fisioterapia, as máquinas e todo o processo de recuperação”, apontou.

 

Por conta de sua recuperação, Lorenzo não vai poder participar dos primeiros testes pré-temporada, que começam no dia 6 de fevereiro, em Sepang. Mas o piloto já deixou claro que espera estar na segunda sessão, no final do mês.
 
Jorge teve um final de 2018 bastante complicado por conta das lesões. No GP de Aragão, sofreu uma forte queda na largada e machucou o pé. Depois, na Tailândia, foi a vez de lesionar a mão esquerda. Ao total, perdeu quatro etapas e voltou apenas para a decisão do campeonato, em Valência.

#GALERIA(9631)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube