Marc Márquez vence fora da zona de conforto e ganha fôlego em recuperação na MotoGP

Marc Márquez finalmente venceu em um circuito horário após o retorno da lesão que o afastou das pistas por nove meses. E o resultado é o combustível que faltava para o espanhol voltar a andar em alto nível na MotoGP

QUARTARARO DEIXA FALHAS PARA TRÁS E CONQUISTA TÍTULO INCONTESTÁVEL | GP às 10

A temporada 2021 de Marc Márquez pode ser destacada em vários capítulos. Entre recuperação e glórias esporádicas, o hexacampeão da MotoGP passou por momentos difíceis, quase desistiu da carreira, mas se reencontrou na reta final do campeonato, quando mais ninguém acreditava em uma reação.

Desde o início da carreira, Marc Márquez foi dominante no Mundial de Motovelocidade. Mas o desempenho em circuitos no sentido anti-horário sempre foi destacado. Nestas pistas, porém, Marc venceu 69,04% das corridas que disputou, o que significa 29 de 42 GPs. Após a lesão sofrida em 2020, no braço direito, essa situação se agravou. Por isso, os melhores desempenhos do espanhol em 2021 foram em pistas canhotas, como Sachsenring, Aragão e Austin — quando venceu duas e chegou no pódio em outra.

Por isso é preciso destacar a vitória do piloto da Honda em Misano, um circuito no sentido horário. Depois de evitar uma queda na classificação, admitiu que sentiu dores no ombro e que a falta de confiança o derrubou minutos depois. Largando apenas em sétimo, pulou para o top-3 ainda na primeira volta e passou a pressionar a dupla da Ducati, até que ambos, aos poucos, cometessem erros e oferecessem a vitória no colo do #93.

Marc Márquez conquistou grande vitória em Misano (Foto: Repsol)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Estou muito feliz, obviamente. Estou feliz por mim, pela equipe Repsol Honda, pois terminamos em primeiro e segundo”, disse Márquez. “Isso é importante para todos na HRC, mas, especialmente, por termos vencido em um circuito horário”, pontuou.

“Esta era uma das minhas metas. Eu disse ainda na quinta-feira, na coletiva de imprensa, que eu gostaria de terminar no pódio aqui ou em Portimão. E nós vencemos uma corrida muito rápida”, completou.

Vencer em um circuito horário e exigente, como Misano, fez Márquez sair da zona de conforto e exigiu mais do que o espanhol esperava ou fez transparecer ao longo da corrida. Na atual temporada, foi comum vermos um piloto claramente sentindo a parte física após 9 meses parado, ainda mais em pistas que não o favoreciam. Por muitas vezes, foi apenas um fantasma daquele dominador que arrasou a MotoGP na última década.

Marc Márquez passou por momentos ruins em 2021 (Foto: AFP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao longo da temporada, Marc admitiu que segue sem saber quando estará bem e contou que precisou de infiltração pouco antes do GP da Áustria. Em Aragão, disse que não sabe voltará a ser o piloto de antes e que se conformava com isso. Afirmou até que não está mais curtindo a MotoGP por causa da recuperação da grave lesão sofrida.

A vitória em Misano, porém, ameniza todo o sofrimento passado por Márquez durante toda a temporada. Mais do que isso, dá combustível para levá-lo a voos mais altos em 2022, quando a Honda vai trazer modificações importantes na moto e pode, enfim, voltar a brigar com mais frequência pelas primeiras posições após dois anos sem conquistas, vendo Suzuki e Yamaha conquistando taças.

Ainda é cedo para cravar que “o Marc Márquez das antigas” voltou, mas é importante não desmerecer um multicampeão, mesmo após um acidente que quase encerrou sua carreira. Se era preciso um motivo para acreditar no espanhol no próximo ano, o GP da Emília-Romanha foi ótimo para isso.

Fabio Quartararo celebrou primeiro título mundial da carreira em Misano (Vídeo: MotoGP)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar