Marc Márquez diz que não sabe se voltará a ser como antes: “Me conformo em ser diferente”

Em entrevista ao jornal espanhol AS, o piloto da Honda reiterou que ainda não consegue pilotar como antes e lamentou que o tema das lesões tenha virado uma constante

Marc Márquez reconheceu que não sabe se voltará a ser o mesmo de antes. O hexacampeão da MotoGP, no entanto, disse que se conforma em ser um piloto diferente, desde que brigando por títulos.

Em entrevista ao jornal espanhol AS, o titular da Honda comentou que ainda não consegue pilotar como quer e lamentou que as lesões tenham se tornado um assunto frequente.

WEB STORY
Fatos e curiosidades sobre o GP de Aragão de MotoGP

Marc Márquez ainda não recuperou a plena forma pós-lesão (Foto: Repsol)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Marc ainda tenta se recuperar da fratura que sofreu no braço direito na abertura do campeonato passado. Depois da lesão de Jerez de la Frontera, o irmão de Álex passou por três cirurgias e ficou nove meses afastado do Mundial, mas o osso ainda não está 100% calcificado, os músculos não voltaram à forma de antes e o piloto ainda sente algum incômodo, o que o impede de ter a mesma atuação de antes.

“Não sei se vou ser o Márquez que fui, mas me conformo com um Márquez diferente lutando por títulos”, disse Marc ao jornalista Mela Chércoles. “Ou me conformo com um Márquez diferente, mas pilotando como quer a cada situação. Isso quer dizer lutando por posições da ponta”, seguiu.

“No momento, não posso pilotar como quero. Em algumas curvas, sim. Em outras, não”, apontou. “È muito cansativo e me cansa muito falar disso, porque sempre fui dos que esquecia ou tentava se esquivar do tema das lesões, como quando tinha dor nos ombros. Não falava disso, mesmo que tivesse lesões. Operava no final do ano, pois não afetava a cabeça e perguntavam disso o tempo todo, mas agora é uma lesão tão grande, que não posso ocultá-la. Tenho de ser realista com o momento em que estou”, concluiu.

O piloto de Cervera, que perdeu as duas primeiras etapas do campeonato deste ano, ocupa a 12ª colocação na classificação, com 59 pontos, 25 deles provenientes da vitória no GP da Alemanha, o único pódio de Marc desde a lesão.

A largada do GP de Aragão de MotoGP está marcada para as 9h (de Brasília) de domingo (12). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

VEJA TAMBÉM
Quartararo usa receita infalível e ganha terreno em MotoGP de rivais claudicantes
WEB STORY: Raio-x do strike de Marc Márquez no GP da Grã-Bretanha de MotoGP
Yamaha fecha estrutura, corrige tropeço com Morbidelli e dá nova chance a Dovizioso
Caos gerado por Viñales abre inesperada segunda chance para Dovizioso na MotoGP
Pódio coroa trajetória de Aleix Espargaró e mostra que Aprilia enfim está no rumo certo
Rivais reconhecem força de Quartararo e começam a jogar toalha na briga pelo título
Pódio premia longo e árduo trabalho de Aleix Espargaró para reconstruir Aprilia na MotoGP
Rins finalmente desencanta após série de quedas e até lesão na MotoGP 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar