Sem top-10 em 2021, Rossi espera reação no GP da França: “Quero ser forte e veloz”

Valentino Rossi ainda aguarda um bom resultado na temporada 2021 da MotoGP. O veterano de 42 anos espera que a mudança comece no GP da França, em Le Mans, uma pista que não vence desde 2008

Hamilton pega Verstappen na tática e vence: assista aos melhores momentos do GP da Espanha (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

O início de temporada de Valentino Rossi não é dos melhores. Até o momento, o veterano do grid da MotoGP ainda não terminou no top-10 com a SRT, sua nova equipe para este ano. Mesmo assim, não perde a esperança para este fim de semana, com o GP da França.

Após quatro etapas, Rossi ainda não ficou entre os dez primeiros uma única vez. É a primeira vez que isso acontece desde 1996, quando o então novato no Mundial de Motovelocidade corria com a Aprilia na 125cc. Em 2021, porém, o italiano está sofrendo com a moto da Yamaha, mesmo vendo os outros três pilotos da montadora japonesa — Fabio Quartararo, Maverick Viñales e Franco Morbidelli — obtendo resultados decentes.

Antes do GP da França, Rossi avaliou o que espera da quinta corrida do calendário. “Neste fim de semana, com certeza quero ser forte, recuperar posições e ser veloz comparado com a última etapa, em Jerez”, afirmou.

Valentino Rossi vem em uma temporada de resultados bem discretos (Foto: SRT)

LEIA MAIS
⇝ Sorte sorri para Miller, que apazigua críticos e sai protagonista do GP do Espanha
⇝ Falta de segurança irrita pilotos e coloca futuro da MotoGP em Jerez em xeque
⇝ Red Bull Rookies Cup: a categoria de base de ouro do Mundial de Motovelocidade
 Espargaró escancara frustração após quatro GPs e se mostra perdido na Honda
⇝ Ducati consegue raro desempenho em Jerez e se permite sonhar com título em 2021
⇝ Lado a lado: As vitórias de Jack Miller na MotoGP

KTM sofre com novos pneus e desmancha evolução obtida em 2020

“No ano passado, eu era forte na pista seca em Le Mans, era rápido e tinha um bom ritmo de corrida, mas começou a chover antes da prova e caí na primeira curva. É uma boa pista, com várias mudanças de direção por conta das chicanes, gosto muito. Com boa aderência e aceleração forte, é uma pista bem legal de andar”, completou Rossi.

A última vitória de Valentino em Le Mans, porém, foi em 2008, em sua primeira passagem pelo time de fábrica da Yamaha. Depois, o veterano de 42 anos ainda conseguiu alguns pódios, inclusive ficando quatro vezes na segunda posição.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar