SRT anuncia saída da MotoGP no fim de 2021. Nova equipe vai ser divulgada em Misano

A Sepang Racing Team confirmou que vai deixar o grid da MotoGP no fim da temporada 2021. Um novo time, porém, vai manter o lugar como satélite da Yamaha e seguir na classe rainha do Mundial em 2021. O novo nome vai ser informado no GP de San Marino, próxima etapa do calendário

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTubeGP | GP2

A Sepang Racing Team, conhecida como SRT, anunciou oficialmente que vai deixar a MotoGP no fim da temporada 2021. A decisão era esperada após a confirmação de que a patrocinadora Petronas está deixando o Mundial de Motovelocidade após este campeonato.

A SRT tinha equipe nas três classes do Mundial, sendo que os times de Moto3 e Moto2 vão encerrar de maneira definitiva as atividades no fim desta temporada. Na MotoGP, porém, a equipe vai ser com participação de Razlan Razali, atual chefe, e do diretor Johan Stigefelt, mas com nova cara.

A equipe que vai ocupar o lugar da SRT como satélite da Yamaha, inclusive com novos patrocinadores, vai ser divulgada às vésperas do GP de San Marino, em Misano, no dia 16 de setembro. O time está na MotoGP desde 2019, com o vice-campeonato de Franco Morbidelli no ano passado como melhor resultado até o momento.

Franco Morbidelli é um dos atuais pilotos da SRT na MotoGP (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Vivemos uma experiência marcante nos últimos anos. De um pequeno começo em 2015, com um grande salto em 2018, quando asseguramos vaga na classe rainha e construímos a equipe da MotoGP do zero. Em 2019, tínhamos apenas quatro corridas e estávamos na primeira fila. Na sétima prova, chegamos no pódio. Em 2020, conseguimos nossa primeira vitória como equipe satélite da Yamaha e terminamos em segundo lugar no Mundial de Pilotos. Em 2021, corremos com Valentino Rossi, o melhor de todos os tempos. É uma história incrível”, disse Razlan Razali.

“A última prova da equipe vai ser em Valência e queremos agradecer a todos pelo apoio, principalmente a Petronas, que fez tudo isso ser possível. Nossa temporada ainda não chegou ao fim e continuamos buscando os melhores resultados possíveis nas três categorias”, seguiu.

O diretor Johan Stigefelt também comentou a decisão da SRT encerrar as operações no Mundial. “Para o futuro, temos um novo e empolgante projeto. Continuaremos no paddock, com a MotoGP e novas camisetas para usarmos”, pontuou.

A saída de SRT das classes inferiores já era uma decisão conhecida do grande público, mas a situação na MotoGP seguia indefinida até o momento. A mudança aconteceu pelo fim do contrato com a Petronas, petrolífera estatal malaia que deixa a categoria no fim de 2021.

Na história da MotoGP, a SRT conseguiu 12 poles, 16 pódios e seis vitórias até o momento. Na Moto2, apenas uma pole-position e um pódio. Na Moto3, porém, foram mais duas vitórias, seis poles e 12 pódios.

LEIA TAMBÉM
Aos 42, Rossi decide por aposentadoria e encerra história na MotoGP em 2021
Maior da história ou não, Rossi teve impacto transformador e popularizou MotoGP
Ídolo, referência e lenda: mundo do esporte a motor reage à aposentadoria de Rossi
Obrigada, Vale
Fim triste mostra que relação entre Viñales e Yamaha deveria ter acabado antes
Binder arrisca na chuva e encerra jejum de um ano com vitória corajosa na Áustria
De pódio à suspensão: Yamaha vai do céu ao inferno na rodada do Red Bull Ring

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar