Rossi cita problema com pneu traseiro e lamenta 12º no Catar: “Esperávamos mais”

Italiano se classificou na quarta colocação do grid, mas recebeu a bandeirada apenas na 12ª colocação, 10s742 atrás de Maverick Viñales, o vencedor

Assista aos melhores momentos do GP do Catar de MotoGP (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Valentino Rossi reconheceu que esperava um resultado melhor do GP do Catar de domingo (29), primeira etapa da temporada 2021 da MotoGP. Quarto no grid de Losail, o piloto da SRT Yamaha explicou que voltou a ter problemas com o desgaste do pneu traseiro e fechou a corrida só em 12º, 10s742 atrás de Maverick Viñales.

O desgaste do calçado traseiro é um problema antigo da Yamaha e voltou a aparecer no fim de semana. E nem mesmo as temperaturas mais baixas do domingo ajudar a conservar a borracha.

Valentino Rossi sofreu com o desgaste do pneu macio (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Com certeza, esperávamos mais, especialmente depois da classificação, mas na corrida eu tive muita dificuldade, pois depois de algumas voltas, tive problema com os pneus”, disse Rossi. “Isso também aconteceu na sexta-feira. Nós tentamos algo, mas, infelizmente, não resolvemos o problema. Por alguma razão, estressamos demais o pneu traseiro e aí ele começa a perder performance e aderência, então depois de algumas voltas, não sou rápido o bastante”, seguiu.

“Esperávamos ter menos problemas hoje, pois as temperaturas estavam um pouco mais baixas, mas, infelizmente, a sensação foi similar e a corrida foi difícil. Tive muita dificuldade e perdi muitas posições”, lamentou. “Tivemos uma longa reunião, disse quais são as minhas sensações e agora vamos tentar melhorar e resolver o problema para sermos mais fortes na semana que vem”, comentou.

Nos treinos no Catar, Rossi chegou a testar o pneu traseiro duro, mas na hora da corrida, acompanhou todo o resto do grid e correu com um par de macios.

“Ontem nós testamos o traseiro duro, pois na sexta-feira tivemos problemas com os macios, mas não éramos rápidos o bastante com o duro. Então decidimos correr com o macio. Mas tivemos os mesmos problemas, mesmo com a temperatura mais baixa”, confirmou.

Por fim, Rossi parabenizou Maverick Viñales ela vitória no Catar e considerou que o resultado do espanhol é um indício positivo para a Yamaha.

“Dou um grande parabéns a Maverick, pois ele pilotou incrivelmente, pois estávamos juntos no início da corrida”, elogiou. “É positivo que a Yamaha tenha vencido. Eles tinham algo diferente no acerto em comparação a nós e parece que funcionou muito bem, porque também Quartararo foi muito forte. Então é bom tentar entender se podemos melhorar para a próxima semana”, concluiu.

GUIA MOTOGP 2021
⇝ MotoGP chega igual, mas diferente em campeonato condicionado por pandemia
⇝ Conheça quem são as equipes e pilotos para a temporada 2021 da MotoGP
⇝ Suzuki segue vida sem Brivio e tenta feito do bicampeonato na MotoGP em 2021
⇝ MotoGP volta com mistério: Marc Márquez retorna após três cirurgias? E como?
⇝ Honda aposta em encaixe de Pol Espargaró por encerramento de série de insucessos
⇝ Mir defende título da MotoGP para mostrar que conquista de 2020 não foi acaso
⇝ Quartararo precisará de regularidade e cabeça no lugar para substituir Rossi
⇝ Bastianini, Marini e Martín sobem para MotoGP com promessa de briga parelha
⇝ Yamaha rejuvenesce com Viñales e Quartararo e busca consistência na M1
⇝ Aos 42 anos, Rossi tem recomeço na MotoGP com SRT. Mas qual será o futuro?
⇝ Pol Espargaró tem chance da vida na MotoGP. Assustar Márquez é outra história
⇝ Equilíbrio também deve ser a marca nas categorias de apoio à MotoGP
⇝ Ducati faz mudanças arriscadas para deixar decepções de 2020 no passado
⇝ Aprilia ‘inventa’ Savadori e coloca tudo nas costas de Aleix Espargaró
⇝ VR46 dá primeiro passo na MotoGP ainda sem dizer se veio para ficar
⇝ Sucesso da Academia VR46, Morbidelli tenta aproveitar garagem com Rossi

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar