Vice-líder da Moto3, García sofre lesão no rim após queda e está fora do GP das Américas

Uma queda no molhado TL1 da Moto3 em Austin deixou Sergio García sob observação no primeiro dia de atividades. Após sentir dores, um hematoma interno foi encontrado e o tirou da disputa neste fim de semana

A briga pelo título da Moto3 sofreu um grande impacto na noite de sexta-feira (1º). Após um acidente no primeiro treino livre em Austin, no Texas, Sergio García sofreu uma lesão interna no rim e está fora do GP das Américas, neste fim de semana, por questão de segurança.

García sofreu uma queda na primeira atividade de pista em Austin, quando o circuito ainda estava molhado pela chuva que caiu durante a manhã. Levado para o centro médico, realizou alguns exames e foi liberado para a disputa do TL2.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Sergio García é um dos postulantes ao título em 2021 (Foto: Aspar)

Após não se sentir bem mais uma vez, o espanhol da Aspar voltou ao centro médico do circuito e um raio-x não identificou lesões. Levado ao Hospital Dell Setor, foi encontrado um hematoma no rim, impedindo sua presença na classificação e na corrida deste fim de semana.

Atualmente, García divide a vice-liderança da Moto3 com Dennis Foggia, com 168 pontos para ambos. O espanhol está 42 pontos atrás de Pedro Acosta, o atual líder, e restam apenas mais quatro corridas para o fim da temporada.

Moto3 volta às pistas neste sábado (2) para a classificação do GP das Américas, em Austin, no Texas. O início da sessão está previsto para 14h35 (de Brasília, GMT-3). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

VEJA TAMBÉM
Como fica o grid da MotoGP para a temporada 2022?
Marc Márquez atende chamado de mãe e surpreende fã mirim em Misano
Bagnaia corta 5 pontos da vantagem de Quartararo na MotoGP. Veja classificação
Bagnaia vai da explosão à sobrevivência e gabarita de novo na pós-graduação da MotoGP
Quartararo mantém alto nível e se permite queimar gordura na reta final da MotoGP 2021
Bastianini brilha em Misano e mostra que Ducati tem mais um diamante nas mãos na MotoGP
Yamaha x Ducati: diferentes e parecidas, construtoras partilham protagonismo em 2021
KTM volta a perder rendimento e vive de raros lampejos na reta final da MotoGP em 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar