Sertões revela roteiro de 29ª edição com início no RN e chegada no litoral de Pernambuco

O Sertões 100% Nordeste teve seu roteiro revelado na última segunda-feira (31) pela Dunas Race. Com dez dias de duração, a competição vai começar na Praia da Pipa, no Rio Grande do Norte, em 13 de agosto, e termina dia 22 com a chegada em Tamandaré, na Praia dos Carneiros

Castroneves passou Palou para vencer a Indy 500 (Vídeo: NBC)

A 29ª edição do Sertões, o maior rali das Américas, teve seu roteiro oficialmente revelado na última segunda-feira (31). Em 2021, a principal competição off-road do continente vai ser percorrida 100% na região Nordeste e vai passar por sete estados. A competição se inicia com o prólogo, em 13 de agosto, na famosa Praia da Pipa, em Tibau do Sul, próximo a Natal, no Rio Grande do Norte. No dia seguinte e no mesmo lugar, o Sertões dá a largada para a prova que vai percorrer também Paraíba, Ceará, Pernambuco, Piauí, Bahia, Alagoas e se encerra na Praia dos Carneiros, em Tamandaré, litoral pernambucano, no dia 22.

O ponto de partida e também o cenário da chegada vão representar marcos históricos para o Sertões. Pela primeira vez, a competição vai largar na Praia da Pipa, em comemoração aos 520 anos do Rio Grande do Norte. E também de forma inédita, Pernambuco vai receber o desfecho do rali.

Ao todo, serão 3.524 km de percurso total, sendo 60% de trechos cronometrados, ou 2.164 km. O principal cenário da prova será a caatinga, bioma 100% brasileiro. O destaque, em termos de paisagens, fica para a Serra da Capivara, no Piauí, o lendário Rio São Francisco, e há também outro tesouro baiano, a ser anunciado pela organização do evento. Muito mais que uma grande competição, o Sertões reúne um evento em três dimensões, que engloba esporte, ação social e turismo, tendo como propósito fazer a diferença por onde passa e promover as belezas naturais do Brasil.

LEIA TAMBÉM
+ Sertões firma parceria com Grupo Bandeirantes para cobertura em 2021
+ Sertões volta ao calendário do Mundial da FIM e tem percurso todo no Nordeste em 2021

ROTEIRO; SERTÕES; 2021;
A Dunas Race apresentou o roteiro do Sertões 2021 (Arte: Dunas Race/Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Enquanto no ano passado o Sertões foi realizado entre o fim de outubro e o começo de novembro, desta vez a competição volta ao seu período habitual, no início do segundo semestre. Em razão da pandemia, em 2020 a Dunas Race organizou um sistema de bolhas, com testes periódicos RT-PCR, e precisou isolar a caravana do rali do público nas cidades que receberam o Sertões.

Desta vez, contudo, a organização anuncia um protocolo de segurança híbrido, que vai funcionar da seguinte forma: competidores e os membros das equipes vão poder usar o serviço de hotelaria e restaurantes das cidades anfitriãs, com prioridade para os estabelecimentos com o Selo do Turismo Responsável. O acesso ao público vai ser controlado nas chamadas Vilas Sertões.

SERTÕES; ENERGIAS RENOVÁVEIS; 2025;
O Sertões apresentou o plano escalonado de maior uso de energias renováveis até 2025 (Arte: Dunas Race)

Outra novidade anunciada pelo Sertões é o plano de fazer um rali somente com veículos de energia renovável a partir de 2025. A partir já de 2021, a competição passa a ser Carbono Zero. Em parceria firmada com a Moss.earth, principal plataforma de compensação de carbono do mundo, o Sertões vai garantir a neutralização de 2 mil toneladas de CO2 para a edição deste ano, garantindo assim que as emissões de toda a frota do Sertões sejam zeradas. Os créditos de carbono serão revertidos para projetos na Amazônia.

E, de maneira escalonada, o Sertões vai promover a substituição de combustíveis fósseis por renováveis. Em 2021, a prova vai contar com uma nova categoria geral para veículos movidos a etanol, com subsídio de 25% nas inscrições, além da estreia de um  protótipo experimental híbrido e 100% brasileiro: O UTV Exo Nb-Hybrid, movido a etanol e baterias elétricas, vem sendo desenvolvido pela Giaffone Racing em parceria com a CBMM.

SERTÕES; 2021;
O Sertões vai começar a acelerar em 2021 em 13 de agosto (Foto: Divulgação)

Para 2022, o projeto é incorporar subcategorias a etanol, categoria veículo híbrido e o primeiro veículo elétrico experimental. Já no biênio 2023/2024, haverá competição entre energias renováveis e o engajamento na categoria etanol. E para 2025, o objetivo é tornar o rali aberto apenas para veículos movidos a energia renovável: híbridos, elétricos, a etanol e combustível sintético.

Também estão confirmados para 2021 a volta das Expedições Sertões, que proporcionam aos aventureiros a chance única de vivenciar o Sertões por dentro sem necessariamente estar na competição, e o SAS Brasil, startup de ação social do Sertões, planeja instalar quatro unidades de teleatendimento avançado e visitar ao menos cinco estados ao longo do percurso da prova nesta temporada.

Joaquim Monteiro, CEO do Sertões, destacou as grandes novidades da prova para a edição de 2021. “Preparamos muitas novidades para esse ano. Uma edição 100% no Nordeste, fato inédito na história do Sertões, com largada e chegada também em cidades inéditas. Além do impacto social através dos atendimentos da SAS Brasil, estamos evoluindo na parte da sustentabilidade. Já na largada, todas as emissões da frota de veículos do Sertões serão neutralizadas, além de outras ações sustentáveis que estamos implantando”.

SERTÕES; CAATINGA; 2021;
A Caatinga será o principal cenário do Sertões 2021 (Foto: Divulgação)

“A grande razão de existir do Sertões é promover o Brasil. Os três tesouros de 2021 são: a Serra da Capivara, no Piauí, o entorno do Rio São Francisco, uma homenagem à origem do Sertões, e o terceiro, que vamos revelar em breve, vai ser na Bahia. Estamos muito felizes em voltar com as expedições Sertões, para aqueles que querem se divertir sem competir. Seja bem-vindo ao Sertões 2021!”, declarou o executivo.

Edgar Fabre, diretor-técnico do Sertões e um dos responsáveis pelo desenvolvimento do roteiro, deu uma prévia do que os pilotos e navegadores vão encontrar em agosto no Nordeste.

“Nossa missão, mais do que nunca, é encantar os competidores, tanto na parte técnica quanto nos cenários. Neste ano podemos garantir que será uma edição para ficar na história. O Sertões sempre foi considerado uma prova longa, este ano não será das maiores em quilometragem, mas caprichamos nas especiais. O importante é o desafio. As especiais serão bem técnicas e prazerosas, com visuais incríveis e os deslocamentos serão mais curtos. Encontramos uma receita entre satisfação e nível técnico”, analisou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar