Rea domina, ganha mais duas e chega a 15 vitórias em Assen no Mundial de Superbike

O piloto da Kawasaki venceu a Superpole e a corrida 2 e saiu da Catedral com 243 pontos de vantagem na liderança do Mundial de Superbike

SUZUKI FICA LONGE DAS VITÓRIAS E MOSTRA FALTA DE REAÇÃO NA MOTOGP | GP ÀS 10

Jonathan Rea fechou a rodada da Holanda do Mundial de Superbike com chave dourada. O piloto da Kawasaki venceu as duas disputas deste domingo (25) e chegou a 15 vitórias em Assen. Além disso, o #1 agora está perto da marca recorde de 200 pódios na categoria das motos de produção.

Com o fim de semana dominante na Holanda, Rea agora tem 243 pontos e lidera o Mundial de Pilotos com 37 de frente para Toprak Razgatlioglu. Scott Redding aparece em terceiro, seguido por Alex Lowes. Michael Ruben Rinaldi completa um top-5 separado por 132 pontos.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

No Mundial de Construtores, a Kawasaki lidera com 253 pontos, 27 a mais que a Yamaha. A Ducati aparece na terceira posição, à frente de BMW e Honda.

Rea domina corrida Superpole do Mundial de Superbike

Depois de conquistar no sábado a 13ª vitória em Assen, o titular da Kawasaki somou mais uma para a conta ao vencer a corrida Superpole nesta manhã na Holanda. O norte-irlandês precisou lidar com a pressão inicial de Michael Ruben Rinaldi, que tomou a ponta na largada, mas logo conseguiu passar e se descolar do italiano para receber a bandeirada após dez voltas com 3s542 de margem para o titular da Ducati.

A briga pelo pódio foi mais animada, mas Rinaldi garantiu o segundo lugar após Tprak Razgatlioglu e Andrea Locatelli serem unidos por extrapolarem os limites da pista na curva 18 na última volta.

Scot Redding assegurou o quinto lugar, acompanhado por Alex Lowes, Tom Sykes, Garrett Gerloff e Chaz Davies.

Rea completa hat-trick e chega a 15 vitórias na Holanda no Mundial de Superbike

Jonathan Rea completou um fim de semana perfeito na Holanda. Vencedor das corridas 1 e da Superpole, o titular da Kawasaki aproveitou a corrida 2 para alcançar a marca de 15 triunfos na Catedral de Assen.

Johnny enviou mal a corrida, caindo de primeiro para oitavo antes da curva 1 após um incidente entre Razgatlioglu, que tinha tomado a liderança, e Garrett Gerloff. Com a confusão, foi Andrea Locatelli quem assumiu o comando da disputa. E pela primeira vez na carreira.

Apesar da inexperiência, Locatelli manteve a ponta na parte inicial da disputa, mas logo teve de encarar Rea, que, na volta 4, já tinha escalado para a segunda posição. Jonathan, então, tratou de cortar a vantagem do ponteiro e, na 12ª das 21 voltas, tomar a primeira colocação.

Andrea ainda conseguiu acompanhar o líder do Mundial por algumas voltas, mas viu o piloto de Ballymena escapar para receber a bandeirada com folga. Locatelli, contudo, não conseguiu manter o segundo posto. Na volta 19, Redding deu o bote para completar a corrida 1s605 atrás da Ninja #1.

Locatelli acabou em terceiro, à frente de Chaz Davies, Álvaro Bautista e Michael Van der Marc.

LEIA TAMBÉM
# Yamaha precisa de solução caseira e eficiente para vaga de Viñales em 2022: Morbidelli
Aos 42 anos, Rossi vê competitividade minguar e se aproxima da aposentadoria da MotoGP
Razgatlioglu e Gerloff largam na frente por vaga na SRT. Mas estão prontos para MotoGP?
Pedrosa correr como wildcard ainda na temporada 2021 é bom negócio para KTM e MotoGP
Quartararo mostra velocidade e maturidade para protagonizar primeira metade de 2021
Miller e Bagnaia são acerto da Ducati. Mas saem de férias ofuscados por Zarco
Estagnado, Petrucci sofre na Tech3 e inicia dura missão de seguir na MotoGP em 2022
Aleix Espargaró aproveita evolução da Aprilia e chega mais perto do sonho do pódio
Oliveira se impõe na KTM e bate Binder na primeira parte da temporada 2021 da MotoGP
LCR segue queda da Honda e corta embalo de Álex Márquez e Nakagami em 2021
Lado a Lado: Joan Mir 2020 x Joan Mir 2021
Pol Espargaró sofre com Honda apagada e sai frustrado da primeira metade da MotoGP
Mesmo em primeira metade difícil, novatos da MotoGP salvam brilharecos em 2021
Com M1 defasada, Morbidelli vê performance despencar. E em momento chave para Yamaha

KTM ACHA RUMO E CRESCE COM NOVO CHASSI NA MOTOGP | GP ÀS 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar