Chefão da Fórmula 1 rebate críticas sobre corridas chatas: “A audiência aumentou”

Stefano Domenicali destacou o interesse cada vez maior do público em relação à categoria, apontando como a audiência cresceu no último ano

Stefano Domenicali vê um interesse cada vez maior do público em relação à Fórmula 1. O novo chefão da categoria destacou como as corridas e pilotos atraem a atenção dos fãs, que crescem de número a cada ano que passa.

A temporada 2020 reservou diversas surpresas. Em 17 etapas, não foi novidade Lewis Hamilton ter vencido 11 delas e ter alcançado o heptacampeonato, mas outras grandes histórias também chamaram a atenção, como a estreia de Esteban Ocon no pódio, os retornos de Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel no top-3 e as vitórias inéditas de Pierre Gasly e Sergio Pérez.

Portanto, o sucessor de Chase Carey e ex-Ferrari vê a F1 em um momento positivo. “Corridas chatas? Vejo os números e no ano passado, a audiência cresceu”, disse o dirigente em entrevista à emissora italiana Rete4.

Domenicali vê interesse cada vez maior pela Fórmula 1 (Foto: LAT/Pirelli)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Há um grande desejo pela Fórmula 1, milhões de pessoas acompanham. Há um desejo pela paixão, personalidades, pilotos que são únicos, mitológicos, capazes de atrair o interesse das pessoas”, completou o italiano.

Apesar de Hamilton ter conquistado o título mundial por antecipação, a temporada passada da Fórmula 1 registrou um total de 13 pilotos diferentes no pódio, número que a categoria não registrava desde 2012, ano em que o Mundial teve sete vencedores diferentes nas sete primeiras corridas daquele campeonato.

Domenicali aproveitou também para comentar do calendário de 2021. Para esta temporada, a abertura estava programada para a Austrália, mas a etapa foi empurrada para novembro por conta da pandemia. Ainda, a prova na China foi adiada e Vietnã cancelada pelo menos motivo.

Questionado se a F1 conseguirá correr ao redor do mundo, Stefano afirmou que “pode ser feito. No ano passado foi muito bom, com um campeonato realizado mesmo com as dificuldades dos procedimentos intrusivos, mas necessários. O desejo é seguir por esse caminho”, ressaltou Domenicali, cauteloso, porém, em razão do recrudescimento da pandemia, que ainda assola o mundo neste começo de 2021.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube