Confira declarações dos pilotos após sábado de classificação no GP da Arábia Saudita de F1

A classificação para o GP da Arábia Saudita foi bem agitada e teve pole de Lewis Hamilton após o acidente de Max Verstappen nos segundos finais. Entre eles, sai Valtteri Bottas

Max Verstappen bateu no momento decisivo da classificação e ficou sem a pole na Arábia Saudita (Vídeo: Band)

A classificação para o GP da Arábia Saudita teve emoção até o último instante e viu Lewis Hamilton cravar mais uma pole-position, com 1min27s511, após grande volta no fim da sessão. Foi a 103ª vez que o britânico da Mercedes conquistou a posição de honra no grid da Fórmula 1.

Valtteri Bottas achou bom giro no fim e ficou em segundo, a 0s111 do companheiro de equipe. Max Verstappen, líder do campeonato, se encaminhava para roubar a pole de Hamilton, mas errou na curva final, bateu e ficou em terceiro, com 1min27s653.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lewis Hamilton vai largar na pole do GP da Arábia Saudita (Foto: AFP)

Charles Leclerc ficou em quarto, seguido por Sergio Pérez. Pierre Gasly foi o sexto mais veloz, com Lando Norris, Yuki Tsunoda, Esteban Ocon e Antonio Giovinazzi fechando o top-10.

Entre os eliminados do Q2, aparecem Daniel Ricciardo, Kimi Räikkönen, Fernando Alonso, George Russell e Carlos Sainz. Já no Q1, ficaram pelo caminho Nicholas Latifi, Sebastian Vettel, Lance Stroll, Mick Schumacher e Nikita Mazepin.

O GP da Arábia Saudita de Fórmula 1 tem largada prevista para 14h (de Brasília, GMT-3) deste domingo e terá transmissão ao vivo pela Band na TV aberta e pelo serviço de streaming F1 TV Pro. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Confira as declarações dos pilotos após a classificação na Arábia Saudita:

Lewis Hamilton, pole-position: Hamilton festeja 1ª fila da Mercedes na Arábia, mas espera batalha apertada com Red Bull

Valtteri Bottas, segundo: Bottas promete “fazer o melhor” na Arábia Saudita para ajudar Hamilton a buscar título

Max Verstappen, terceiro: Verstappen lamenta acidente no fim do Q3 na Arábia Saudita: “Não sei o que aconteceu”

Charles Leclerc, quarto: Leclerc celebra 4º lugar após acidente na Arábia: “É difícil reconquistar a confiança”

Sergio Pérez, quinto: Pérez admite frustração com 5º lugar no grid da Arábia Saudita: “Não foi ideal”

Max Verstappen bateu no fim do Q3 da classificação do GP da Arábia Saudita (Foto: AFP)

Pierre Gasly, sexto: Gasly lamenta ficar a 0s002 de Pérez, mas destaca “fantástico” 6º lugar no grid de Jedá

Lando Norris, sétimo: Norris lamenta 7º lugar no grid em Jedá: “Não acertei a volta quando precisava”

Yuki Tsunoda, oitavo: Gasly lamenta ficar a 0s002 de Pérez, mas destaca “fantástico” 6º lugar no grid de Jedá

Esteban Ocon, nono: “Estou bem feliz com o nono lugar na classificação de hoje. Fiquei satisfeito com minhas voltas e, como equipe, trabalhamos muito bem durante o fim de semana. Tenho confiança no carro, o que é necessário aqui para andar no limite com pouco combustível. É uma pena que não tenhamos colocado os dois carros no Q3, mas tínhamos um carro veloz no TL2 e esperamos que, na corrida, Fernando e eu possamos pontuar. Vai ser uma corrida longa. É muito quente, parecido com Singapura em termos físicos, mas estou ansioso.”

Antonio Giovinazzi, décimo: “Foi uma grande classificação, me diverti muito e o carro estava brilhante. Sabíamos que os pneus médios seriam melhores e mostramos a capacidade deles no Q2. Os macios no Q3 não eram tão bons e sofremos um pouco, demoramos para encontrar a temperatura, mas amanhã largamos com os compostos médios, o que é positivo. Poderia ter melhorado ainda mais no Q2, mas dei um leve toque no muro na volta final. Largar em décimo, com o pneu preferido e em uma pista assim, mal posso esperar pela corrida. Tivemos um fim de semana forte desde o início, agora só precisamos manter esse ritmo, talvez com um pouco de sorte que nos falta na temporada, para conquistar um bom resultado.”

Antonio Giovinazzi foi uma das surpresas positivas neste sábado (Foto: Alfa Romeo)

Daniel Ricciardo, 11º: Norris lamenta 7º lugar no grid em Jedá: “Não acertei a volta quando precisava”

Kimi Räikkönen, 12º: “Foi uma boa performance, ficamos bem próximos do Q3, mas não conseguimos no fim. A última curva não estava boa e nos custou um pouco de tempo, mas no fim o que fez a diferença provavelmente tenha sido ficar com os médios para mais uma volta. Eu queria testar os macios, mas não funcionou. Ainda assim, estamos um bom lugar para a largada. É difícil dizer como será a corrida, mas certamente será importante ficar no pelotão e vamos dar o máximo para conquistar um bom resultado.”

Fernando Alonso, 13º: Alonso vê piora e se diz desconfortável com equilíbrio da Alpine na Arábia

George Russell, 14º: “Estava realmente feliz com minha volta no Q1 e fiquei satisfeito por passar para o Q2. Corremos com os pneus médios pela primeira vez desde o TL1 e, de novo, fiquei feliz com minha primeira tentativa, mas não consegui melhorar na segunda, escapando de leve no setor intermediário. Estou relativamente satisfeito com o 14º lugar, mas estamos bem atrás do que queríamos da Alfa Romeo. É complicado acertar a temperatura dos pneus, mas acredito que o carro está onde queríamos neste momento. Acho que as ultrapassagens serão difícieis na corrida, mas precisamos esperar.”

Carlos Sainz, 15º: 15º no grid, Sainz admite que rodada no Q2 “prejudicou toda a classificação”

Nicholas Latifi, 16º: “Estávamos mirando o Q2 hoje e parecia possível, mas infelizmente não consegui uma segunda volta com o primeiro jogo de pneus e depois escapei na curva 4. Sei que poderia ter feito mais, com uma volta extra para encontrar tempo, mas só posso me culpar por isso, então é decepcionante. Amanhã será um desafio para todo mundo, fisicamente e mentalmente, com altas temporadas e um circuito de alta velocidade.”

Lance Stroll sequer passou do Q1 nas ruas de Jedá (Foto: Aston Martin)

Sebastian Vettel, 17º: Vettel admite surpresa e culpa tráfego por eliminação no Q1 na Arábia Saudita

Lance Stroll, 18º: “Estou realmente decepcionado por classificar em 18º porque o tráfego no fim arruinou minha sessão. Parecia um estacionamento e não tinha muito o que fazer. Como consequência, não consegui abrir uma volta rápida quando pista e pneus estavam ótimos, isso se provou crucial. Acho que teríamos o suficiente para alcançar o Q2. Vamos revisar e ver o que poderíamos ter feito diferente. Nunca corremos aqui antes, então vamos ver como será o GP, vamos tentar ganhar posições.”

Mick Schumacher, 19º: “Eu atrasei a abertura do meu DRS, perdendo cerca de um décimo, então é bem frustrante. Mas eu não esperava ficar tão próximo da Aston Martin, então isso é algo que isso mostra nossa performance durante o fim de semana. A corrida é uma história diferente. Se tivemos a oportunidade de lutar, nós vamos, mas precisamos de uma boa largada para isso.”

Nikita Mazepin, 20º: “A pista continua boa, inclusive melhorou desde ontem, o que é algo positivo. Estou feliz com meu ritmo. Infelizmente, a classificação é muito dos outros deixarem você fazer sua volta. Uma pista de mais de 6 km não é suficiente nem mesmo para os melhores do nosso esporte deixarem você passar. Fui atrapalhado por quatro ou cinco carros na última curva quando tentar criar uma distância. No fim, disputei com o Vettel até a linha de chegada e não consegui abrir uma última volta.”

BRIEFING | TUDO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DO GP DA ARÁBIA SAUDITA
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar