Consultor da Red Bull diz que esforço físico da F1 “talvez seja muito difícil e exaustivo para mulheres”

Consultor da Red Bull, Helmut Marko questionou se as mulheres tem a brutalidade necessária para encarar disputas roda a roda na F1. O austríaco ressaltou o esforço físico envolvido e considerou que isso talvez seja “muito difícil e exaustivo” para pilotas

Helmut Marko é apenas mais um dos que pensam que as mulheres não têm a condição física necessária para a F1. O consultor da Red Bull considerou que o esforço físico envolvido pode ser “muito difícil e exaustivo” para pilotas.
 
Marko avaliou que a F1 exige uma potência “insana” nos ombros e questionou se as mulheres têm a brutalidade necessária para encarar disputas roda a roda.
Helmut Marko acha que as mulheres não têm o físico necessário para a F1 (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Resultado de imagem para emoji microfonePaddockast #15: Você manja mais de Fórmula 1 do que Flavio Gomes?

F2Olx0/ItYK5sZyt6prSqk8fjuaZsPT4AhTaveHp394GAD7mECpRdvaIgeT5i1NYo0VnEu1bifJHeCgbtMh9RtSHYy2AhCGLEPXJIEml5BnrVcVzH+oRb7obSwid0ndE7t3muxsu9zapZrgVcBLg/Y52FdYl2iyZbmsSQqp1//dZaJxPPtSTY+MGAi0RwtAMRlPePutTphszI1SYdrOAWNpgcIjN0QajExJK4m25KIeU1wdhSsjqjp+ccYs+nc7/HiL5Y/Z5dl78SsmKGBNu2ucKjBBEk2XIRrguXvkTM1hq7c09wtheshzPUgIKkuN9Se4xTDRvEsKdYFw6v4aUPuj2YsJ2u+khKPlT+lJJI8RKTEg7wGiFALSWtKjfFQUAzmJC+ml+KxQPSa14RFJmGglsY0K/nRPNgwDZF+VS2lMAkB8TfoozKSKTXA9Z2oqfTKZSv5mpFBX8d61nwkn4TEg9gZHMvqSLc/P688eAIDF7Xfui1BLO/kdNJwzU2T/mxChJhEB0ic89oeCLExsIuN7R2SxPu9VKUdTedYbv6upQCVer6WFr7BPPBJL+BtUE4OZ2P6fuS1YCokg1F4t4r9pBnjEa30FRpPfU1WDre6BT0fzCknZux1CTynacMJIGVReLxA7Arn+YVjyLUHcD3wapSw3nFwNg+/8WI8dm6Ap4IC0qESYuC/vlrrbPgr76MQKT2wMjSbPM9svghTTitiwQJq7/o4g7HlR32yOqc2tPERhJBt+DESSxWSP+xlTfLQMiMMfr5X0NiWI/5ggeZ805ZPRnvin6fATNJZ4tDZLGjeH9abUNgEhIFEgez8dF5falSll4ApOiepLF/uGy2H5xihc6UWPSkmz2DzPeX4jR1Ge+CaXKltg33rgw1LYZ9Q6egASGrkS7374XeckovNPOqZniXeLgk6TOO/yG1K1Ut7OyM3beABire7DrMJoc47BTJT+qCPUPNTKmuhxzKc99fl9NLMJMyrBXdx/U/ancV22O9RCUzKVddXU6/PMDV8IkDas4K/4XwZI33ywOsxWbFfmsQcXUzBbPnsYsaIquqpximxbFNi0lWOQcciIF/nawGnJ3+f6o5No+Xx7PvhTkZJ3qrwa/nsRzKZWc5kACrPk24rzfHvr862O8L+WxLR7Sa/QjzZNwxatglJaWCUYlR/b3Cj3erhrbFlz2IZycj0j6yjqof8+dnIR0vG3Efrt9MjntWYPTxkdwvtyFq4Fhi7PJ48bEsVXN2GOHfDGgsY3Pe06TBARBcU4Kl6diy4iYOmzIlSIPL6qftYlWMi6diKElaa4JT8KDuuelYoWItNmVteSO5wwbRkLOvAUKAWJt6dms6Z6UDyKKyHsLQUIYzGnRAV2PYxIgelN3T/WEiLkuXEG4CN1+a+8PISi69uVpk+T+sL13wBhtchl5ssukd8DbtiwXzwLAz2HkicfGo7b7YoCO8Xj7w7Xiw6j1/jQSkO5L6PS4EgSl/jQt9olKhaB9U3tF5ZlI/3yiGvBry/y8b5NGPPp98z0OBucDlAHfY9BEqG/inxGPpaQa7nHuGIk2m43hO/PjJEgc3QmsdoWPOs4gHE5HFueckdjsHP6lxd+fOmu7ga+NDlE4VHt63v653xsOw9lh6wcm4U8vEP86FXISJOkimX2E878XxI0GAm194qld3NfD078JEplFoUBJ0Dqjn/ezkuwDdrD5qeJ9/jdpTBd7m7OqLqeSuyQ2X/0HxS1nz7VIxFV++ONbsCnPceTIjPEW98JIG/MfBharPzzM6+ZQyBc8yIwxM/eAWgOn+/2ZL+xO9KrOUGaLe7pXY3dsO98VC4lsWWaLXbsV5im1xKveaY4F7iGBdiGkxx/eCu0bBEykLiVhleuyPAIMMaS3gi9IPnAKRNX/1C+EJV6oN3rNPXDoi6gx/JfNgyGW+47wFYCxhpv6k85fhm+GePxbkRfkGMqk1mY0ezeEzGm+cJnTUFfXe6tofFj82xr+r7Ofz497f6P9+7ceR2Gvx7OUqpta9YbPSYUZ8mLcySx6R30YjrfGPrBRllYPX+zCSwAwIcCd+NphpzCCKvsa+7lz7muG3CZ3ws+Fa/phtE3IkmvS0m10dj1qTzanFcukNbUqMwL5npB50Ye3mU70aPFrA1zFkzn+OYJ/DNej61JX7nyBc4Z2lhxD9yK/6WzTC9eG1akV6IwwIcGozB1X31Sy0Mn58oMpT9S9AJj4fiARIfGkMaVtlNwBrytcrSQnNA+E1Fxfj38uNDtn3GMlh7pX4vNjTgUvvr6M+doaFkIEaGEhIS3+rkDuZbpmzbnXvAAJxgWrCP+R7o2nKHvexOaFoLvNjeDguk/LHqXmEIpKIlxLGDg5+8I+L+FtPmju/KVNCxD/6ZJb5X1IZ5hLyJGDtlEB/MjIWyb0rs7FXR7httyzAXB/2nXk7KRQKSBsxUjMBMDh+lq89Sjus7KLyuctXNA7bwK2vFsapBQStqgRk7XjGA1V5YfbHfEhsX6b8+ojiEzEbz1hlUL4DbURHmOXvq6+BXK7VMLPr1HyVBDp6+rMTB6Bvq1WEHra8n1ZvaecUpZfVrPLfsb5srprIRPh59bOy61C/lX1D4M814lvqmGJc/3Dv6gOKclPs/o9tWRxwQX819QDRlbBUeTX1HR+3syUEH5aXW5yKgL5ktrqBdWO6YTy8XNmG1xcPJ5G2A1adGpDFchd6ssJZfVDDH7k0vJV0Qjbc0RMF6TGulEJaeld26PnArkchPL0BZmR6wmBEle7EsL6jvxNC5a5g5YRyuNW3LkVqlOam6uUUB43mKG8rhAsTz5WTijP2rssAgaPZQZC7gvKl4nJn5eFMF402thRUckywUMoK277eipw6UHtfISyGrRtG44DxtSijIRy99iuwQjnrCFJrISlKYlfK1JsD1YnlE8vqx1eJoQKLfpahLJitWMwYottjuEnlPV9G3oq2XOFlnERyvKg8bDPMiFcUl+rJqGsBO+dU2HA00OrEMrdrbDIK34hsuWOW+UmlOWwRhbDeoJ2yP+6FQhlefSWdQOhSiliKxHKyuTlXRWRCe8IrEMYG40VEzVWFXSrBq9WJZS7S1FxkAwCeFk5Mr4yYWxvGLViyzj40FOSmtcQxsPRqFD1nJvvWrbv9YQxoyMwfXouX8epxVebUJaHhoiY3QJhZNQOWq1NGI/HkdvIOQ6C7qh2iRAhhLHNMZ4IH5CATIqChPgkhDCWogGBKR/iZ2k1h99FoghjRY4pBBJA08mtzlVNAglluTf7leolwk8qdP7OhJY6F0oYS59qdqfixINgx9amonPDiCZMNDw4Lmd2pCQBrescmshn0ARhImW2mbiYIRA6K4w12cxEzSyPaoowUU+JRn7gJmnIHut2p0Xo/nKgjSJF6MB7UJOEmfq6Eg0WI2MeZAXlk1ryXjA3RotBpHDkQKuq/yeO7+4HTugkAAAAAElFTkSuQmCC" style="vertical-align: middle;border-style: none;font-family: Roboto, sans-serif;font-size: 20px;height: 30px;width: 30px"/> Ouça no Spotify

 Ouça no iTunes

 Ouça no Android

 Ouça no playerFM

“Se você pilota a 300 km/h e trava uma luta roda a roda, a brutalidade está presente, então não sei se isso é da natureza das mulheres”, disse Marko em entrevista ao diário austríaco ‘Kleine Zeitung’. “Você tem de estar em forma para competir na F1 e precisa de uma potência insana nos ombros”, seguiu.

 
“Na antiga curva Gösser, no Red Bull Ring, você experimenta uma força de 4G. Isso representa um grande desafio físico, e talvez seja muito difícil e exaustivo para mulheres”, opinou.
 
O consultor reconheceu que os carros atuais contam com facilitadores, mas, mesmo assim, insistiu que esforço pode ser excessivo. Marko foi ainda mais longe e traçou um paralelo com o tênis.
 
“Agora existem sistemas de freios assistidos, mas você precisa se esforçar muito, porque está preso num cockpit a 40 ou 50°C”, apontou. “Nós vimos pilotos de ponta perto de desmaiar em Singapura, então creio que o esforço é demais para as mulheres”, insistiu.
 
“Por que não vemos Serena Williams lutar contra Novak Djokovic no tênis?”, questionou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube