Hamilton entra na lista de honra de 2021 e recebe título de ‘Sir’ do Império Britânico

Demorou, mas finalmente Lewis Hamilton se transformou em Sir Lewis Hamilton. O heptacampeão da F1 foi incluído na lista de honra de 2021 e passa a ser o quarto piloto da categoria com tal título

Lewis Hamilton foi finalmente incluído na tradicional lista de Ano Novo para receber o título de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico e ser chamado de ‘Sir’, honraria para poucos na história do esporte a motor. A confirmação veio na noite desta quarta-feira (30), na esteira de premiações e reconhecimento mundial que o heptacampeão vem recebendo por seus feitos dentro e fora das pistas da Fórmula 1.

No ano que marcou o sétimo título na maior das categorias do esporte a motor, Hamilton também roubou a cena por suas ações além das corridas. O inglês colocou a pauta do antirracismo em discussão, foi às ruas em manifestações e protagonizou momentos importantes como as homenagens a George Floyd e Breonna Taylor.

Ao receber a honraria, Hamilton se torna apenas o quarto piloto da Fórmula 1 a receber o título de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico (CBE). Jack Brabham, em 1978, Stirling Moss, em 2000, e Jackie Stewart, em 2001, receberam a honraria antes. Outras figuras lendárias da Fórmula 1 também têm o título de ‘Sir’, como Frank Williams, Colin Chapman, Patrick Head e Ron Dennis.

Stewart, em 1965, foi nomeado Oficial da Ordem do Império Britânico (OBE). Anos depois, Graham Hill, Nigel Mansell e Damon Hill receberam o reconhecimento da Família Real Britânica.

Lewis Hamilton vira ‘Sir’ aos 35 anos (Foto: Mercedes)

Hamilton já recebeu uma honraria do Império Britânico. Ao lado de Jenson Button, o heptacampeão mundial obteve, em 2009, o título de Membro da Ordem do Império Britânico. À época, Lewis tinha apenas o título da temporada anterior, 2008, no currículo, depois da batalha inesquecível que culminou com a conquista no GP do Brasil daquele ano, em Interlagos.

Semanas atrás, Hamilton falou sobre o fato de, até então, não ter recebido a honraria de Cavaleiro da Ordem do Império Britânico e se disse menos merecedor do título do que “heróis não vistos”, citando, por exemplo, trabalhadores da saúde que estão na linha de frente no combate ao coronavírus.

“Quando penso nessa honra, penso em pessoas como meu avô, que lutou na guerra. No Sir Capitain Tom, que foi reconhecido e esperou 100 anos por essa incrível honra. Pessoas que estão trabalhando nos hospitais. Os enfermeiros e médios que estão salvando vidas nos tempos mais difíceis que enfrentamos”, falou em entrevista ao diário inglês The Guardian.

A presença de Hamilton na lista de honra já vinha sendo defendida há tempos por esportistas como Damon Hill e o tenista Andy Murray que, aliás, segue como recordista de mais jovem a virar ‘Sir’: 29 anos, quando nomeado em 2017. Lewis recebe a honraria aos 35, mas com o detalhe de ter sido o primeiro piloto em atividade da história com o posto oficial.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube