Santander volta à Ferrari e anuncia acordo plurianual de patrocínio a partir de 2022

Na esteira do sucesso de Carlos Sainz nesta temporada, o banco espanhol Santander anunciou seu retorno à Ferrari como parceira premium e estampará sua marca não apenas na Fórmula 1

MELHORES DO ANO 2021: VERSTAPPEN OU HAMILTON NA F1? MOTO, INDY, FÓRMULA E E MUITO MAIS

A Ferrari e o banco espanhol Santander anunciaram, na manhã desta terça-feira (21), o novo ciclo de uma parceria que já se estendeu entre 2010 e 2017. Na esteira do sucesso de Carlos Sainz na temporada deste ano na Fórmula 1, a escuderia de Maranello saudou o retorno da instituição financeira, com a qual assinou um contrato plurianual como parceira premium.

Segundo o comunicado, o banco Santander terá seu logo estampado nos carros, macacões e bonés de Sainz e Charles Leclerc na Fórmula 1 e também vai apoiar as atividades da Academia de Pilotos da Ferrari. Além disso, o Santander também vai estar presente nas competições oficiais das quais a Ferrari faz parte no Mundial de Endurance com a parceira AF Corse e se estenderá ao novo projeto da equipe italiana com os hipercarros a partir de 2023.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O Banco Santander vai voltar a ser parceiro da Ferrari a partir de 2022 (Foto: Scuderia Ferrari)

Antes de se unir à Ferrari, o banco Santander chegou a ser parceiro da McLaren em 2007, quando Fernando Alonso defendeu a equipe. A chegada do bicampeão do mundo a Maranello trouxe o Santander a reboque, mas o banco seguiu com a Ferrari mesmo depois da turbulenta saída de Alonso, ao fim de 2014.

Agora, depois do ano forte de Sainz, quinto colocado no Mundial de Pilotos em 2021, a instituição volta a ser parceira da escuderia pelos próximos anos.

Presidente da Ferrari, John Elkann saudou a volta do Santander a Maranello. “É uma honra trabalhar novamente com uma instituição financeira global como o Santander. Estamos ansiosos para essa parceria com eles para cumprir nosso objetivo principal de nos tornarmos neutros em carbono até 2030”, disse o executivo.

“Acreditamos que a Fórmula 1, com suas inovações e desenvolvimentos tecnológicos, vai ser benéfica para a nossa indústria e, em última análise, para a sociedade como um todo”, complementou.

Ana Botín, presidenta-executiva do Santander, também reforçou a preocupação com o clima como uma das chaves desta nova parceria com a Ferrari.

“Estamos muito animados para trabalhar com a Ferrari novamente e apoiá-los na transição verde. O Santander está totalmente comprometido com as mudanças climáticas e, como principal fornecedor europeu de financiamento de automóveis, estamos determinados a ajudar a indústria automobilística a se tornar verde. Nossa nova parceria com a Ferrari vai acelerar nosso progresso comum”, declarou.

A dramática última volta do GP de Abu Dhabi de F1 (Vídeo: TSN)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar