Verstappen reclama de pista escorregadia em Portimão: “Não é divertida de se pilotar”

Tanto Max Verstappen, como Sergio Pérez, não gostaram do asfalto a pista de Portimão, palco do GP de Portugal deste final de semana. Segundo eles, criou-se uma dificuldade com os pneus

Lewis Hamilton liderou a sexta-feira de treinos em Portugal: veja os melhores momentos (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Max Verstappen fez o segundo melhor tempo desta sexta-feira (30) em Portimão – tanto nos dois treinos livres, como na soma geral -, palco do GP de Portugal deste final de semana, terceira etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Mas, mesmo com o bom desempenho, ele não gostou de algo: a pista.

Ao final das sessões, Verstappen reclamou do asfalto do circuito de Portimão, dizendo que o controle do carro esteve difícil, já que o piso estava escorregadio. Nos dois treinos, ele só ficou atrás das Mercedes – primeiro, de Valtteri Bottas, depois, de Lewis Hamilton -, mesmo com as dificuldades que disse ter encontrado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Verstappen busca vitória para assumir liderança do Mundial (Foto: Red Bull Content Pool)

“O asfalta deixa tudo aqui mais complicado, ele é super escorregadio. Sei que é o mesmo para todos, mas não é divertido de se pilotar. O carro esteve bem, ainda há algum trabalho a ser feito, com certeza, mas no geral está bom”, comentou Verstappen.

 “Claro que os pneus mudaram (em relação a 2020), e claro que perdemos um pouco de aderência nos carros, mas é difícil. Uma pena, pois fica tudo sobre preparação dos pneus, temperatura deles, e não deveria ser assim. Mas, como disse antes, é o mesmo para todos”, completou.

Pérez ainda busca o primeiro pódio na Red Bull (Foto: Red Bull Content Pool)

Sergio Pérez seguiu a linha do companheiro de Red Bull e também analisou o asfalto português: “É muito similar ao do ano passado. É bem difícil acertar os pneus nestas condições, não é fácil. Então acho que o foco é entender o que acontece com eles.”

“Acho que o ritmo com os médios foi bom. Mas depois, quando usamos os macios, não marcamos um bom tempo. Temos de analisar o que deu errado com esse jogo, e espero que consigamos antes da classificação”, completou o mexicano.

A Fórmula 1 volta a acelerar neste sábado em Portimão. A partir de 8h (de Brasília), os pilotos aceleram para o treino livre 3, também com duração de 60 minutos. E às 11h, os competidores voltam à pista para a classificação que vai definir o grid de largada. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP de Portugal de F1. Siga tudo aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube